Syda Productions/Shutterstock

O estresse é reconhecido como um dos maiores males da atualidade, podendo ter reflexos que comprometem diretamente a saúde física e mental. Os níveis, assim como as formas de lidar com o problema, podem variar muito de pessoa para pessoa e até mesmo de acordo com a idade.

Em uma entrevista para o programa norte-americano “Today”, a especialista Susie Moore explica as maiores causas do estresse, dos 20 aos 59 anos, e dá dicas simples de como combater o problema. Confira algumas sugestões:

Thinkstock

Estresse aos 20 anos

Aos 20 e poucos anos, o jovem normalmente está saindo da faculdade, procurando emprego, se envolve em relacionamentos amorosos e, com internet e redes sociais, podem ainda sentir pressões e ansiedades, resultado em um quadro de estresse. Segundo a especialista, se desligar completamente dos aparelhos eletrônicos por apenas 10 minutos e meditar pode ser uma saída simples e eficaz para combater o estresse.

Estresse aos 30 anos

Aos 30 e poucos anos, vem o casamento, as responsabilidades extras, filhos, preocupações com aluguel e contas. Administrar todos os setores da vida pode realmente ser estressante. Nestes casos, a especialista recomenda transformar um tempo com os amigos em uma prioridade para relaxar, conversar sobre diversos assuntos que não sejam relacionados à família e aliviar, assim, as tensões.

Thinkstock

Estresse aos 40 anos

Aos 40, a carreira está estabilizada e os filhos maiores, precisando cada vez menos dos seus cuidados. O estresse, neste caso, viria de uma necessidade de arrumar mais tempo para conseguir aproveitar todas as conquistas. Susie então recomenda simplesmente rir mais para conseguir relaxar e aliviar as tensões. Veja vídeos engraçados na internet ou assista a uma comédia na TV, por exemplo.

Estresse aos 50 anos

A chegada da aposentadoria e a saída de casa dos filhos podem significar aparente tranquilidade, mas o estresse pode sim afetar as pessoas desta faixa etária justamente por uma espécie de vazio. A especialista, então, recomenda atividades que trabalhem o corpo e a mente, garantindo autoconhecimento físico e espiritual.

Três problemas sérios: 

Fonte: Bolsa de Mulher