por Paulo Nobuo

IvanRiver/Shutterstock

Diante da necessidade de realizar um exame de sangue, muitas pessoas sofrem com a imposição médica de jejuar por muitas horas antes da picada da agulha. Um recente estudo realizado pela Universidade de Copenhagen, na Dinamarca, pode mudar a antiga recomendação ao divulgar que, pelo menos para medir níveis de colesterol e triglicerídios, essa necessidade não existe.

Baseado na análise de dados de mais 300 mil pacientes, o trabalho científico revelou que ficar até 12 horas sem comer não faz a menor diferença para o resultado do exame. A pesquisa aparece como a primeira recomendação internacional de que jejuar não é necessário para garantir exatidão de análises sanguíneas para avaliar colesterol no corpo.

Entenda o resultado de exame de Aids

Thinkstock

De acordo com um dos pesquisadores, o resultado do estudo beneficia pessoas que possuem dificuldade em realizar jejuns, como crianças, idosos e diabéticos. Além disso, abrir mão do procedimento ainda ajuda a diminuir os horários de picos nos laboratórios, normalmente cheios no período da manhã.

Em dia com o médico: 

Fonte: Bolsa de Mulher