Darth Vader foi uma das atrações da primeira edição do Anime Jungle Party    (Foto: Ive Rylo/G1 AM)
Mais de 10 mil pessoas participaram da primeira edição do Anime Jungle Party em 2016, realizada no Clube do Trabalhador (Sesi), no bairro São José 1, Zona Leste. Neste ano, o evento completou a primeira década de realização. Na última noite do Anime, neste domingo (10), centenas de jovens enfrentaram fila para tentar tirar foto com os youtubers Cellbits, Felps e a dubladora de Naruto, Ursula Bezerra.

Também foram realizados campeonatos de videogame e cosplay. O evento contou ainda com stands repletos de produtos inspirados em animes, espaço para Paint Ball e praça de alimentação.

De acordo com a organização do evento, apenas neste domingo, 7. 200 prestigiaram o evento.

No sábado (9) foram 2. 800 e na sexta-feira (8), 400.

“Nosso público é juvenil, em sua maioria. Mas buscamos atrair as famílias.

É uma forma do pai, interagir mais com o filho”, disse o organizador Leonardo Tamietti. Personagens de filmes, séries, animes, heróis da DC e Marvel Comics, serviram de inspiração para adolescentes e adultos fãs de cosplays.

A estudante Lorena Costa, 17 anos, se inspirou na Hera Venenosa – personagem inimiga do Batman – para seu cosplay. “Gosto da Hera pela sua personalidade.

Ela é uma das melhores vilãs que conheço, é independente, confiante e poderosa”, afirmou.  Jovem se vestiu de Hera Venenosa durante o Anime Jungle Party (Foto: Ive Rylo/G1 AM)
A caracterização fiel, com direito a lente de contato e cabelos vermelhos, fez com que a cosplayer fosse uma das mais fotografadas pelos fãs da saga.

“Eu gosto muito. Cheguei aqui às 13h e só consegui sentar um pouco para descansar duas vezes”, disse ao G1.

A comerciante Adriane Escorssio, de 42 anos, acompanhou as três filhas na feira. As meninas de 17, 11 e 9 anos elegeram os personagens preferidos para desfilar pelo clube.

“Acho uma brincadeira sadia. Eu costuro e as ajudo nas fantasias”, disse a mãe.

 Família prestigiou o evento (Foto: Ive Rylo / G1 AM)
Ela explicou que conheceu o mundo dos cosplayers por conta da filha mais velha, Driely Escorssio, de 17 anos. A brincadeira  contagiou as outras duas, Maria Eduarda Escorssio, 11, que foi vestida de Hatsunemiku, da banda japonesa Vocaloid e a pequena Débora Escorssio, 8, que foi de YUI, SAO.

“Me inspirei numa cantora de  uma banda japonesa que gosto muito . Achei esta banda procurando na internet.

Gosto das roupas dela e da musica também”, disse Maria Eduarda. A amiga dela, a estudante Samile Aimee Guimarães, de 11 anos, foi vestida de Sakura em sua primeira visita ao evento.

“Eu nunca ouvi falar nesta personagem, mas não tinha cosplay para vir e minha amiga me emprestou e me explicou quem era e eu gostei. Esta semana vou procurar mais sobre este anime”, afirmou.

Ela disse que a mãe aprovou a brincadeira. “Minha mãe acha legal.

Como domingo não tem nada para fazer, ela gosta que eu me envolva com coisas novas”, disse a pequena Samile. ‘Máscara’ também participou da primeira edição de 2016 do Anime Jungle Party (Foto: Ive Rylo/G1 AM) Multidão foi aoAnime Jungle Party (Foto: Ive Rylo/G1 AM)
.