Buraco acumula água das chuvas e assusta moradores (Foto: Reprodução/Rede Amazônica no Amapá)
Um terreno onde seria construído um residencial, no bairro Jesus de Nazaré, Centro de Macapá, está abandonado há pelo menos 7 anos, segundo moradores da região. Eles reclamam que com as chuvas o local acumulou água e pode servir de criadouro para o mosquito Aedes aegypti, vetor de doenças como a dengue, zika vírus e chikungunya. Proprietário de vila de casas, Hermes Silva(Foto: Reprodução/Rede Amazônica no Amapá)
Hermes Silva é proprietário de uma vila de casas que fica bem ao lado do terreno.

Ele conta que nos últimos anos vários moradores contraíram dengue e outras doenças.
“Todo período de chuvas é esse transtorno, já tivemos casos de dengue aqui dentro e em toda a redondeza do terreno”, disse.

Silva disse que já reclamou diversas vezes à construtora da obra abandonada. Como solução temporária, segundo ele, a empresa fez uma pequena drenagem, mas não resolveu o problema.

“Eles enviaram um engenheiro para vistoriar a obra, fizeram uma pequena reforma para sanar o problema do acúmulo de água, mas ela funcionou temporariamente, não resolvendo nossa situação”, lamentou. Morador Gerson de Almeida, de 53 anos(Foto: Carlos Alberto Jr/G1)
O empresário João Ribeiro, de 62 anos, mora há dois anos na vila e diz que a situação é tão ruim que evita até abrir as janelas da casa.

“Ninguém pode abrir a casa porque já vem uma nuvem de mosquitos, por isso, a minha fica sempre fechada”, reclamou.
“Moro aqui há dois anos e quase todos na minha casa já tiveram dengue, sem contar os resfriados são constantes.

Eu fico mais preocupado, pois tenho duas crianças em casa”, disse o eletricista Gerson de Almeida, de 53 anos.
A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitacional (Semduh) de Macapá informou que vai enviar uma equipe para vistoriar o local e verificar se existem focos de Aedes aegypti.

Dependendo do resultado, o órgão vai acionar a Coordenadoria de Vigilância em Saúde do município.
.