A Agência Estadual de Defesa Agropecuária (Aged) no Maranhão tem realizado barreiras de fiscalização em vários pontos do Estado. Atualmente, o trabalho está sendo feito no posto fiscal da Estaca Zero, situado no município de Bela Vista, a 20 km de Santa Inês.
No local, a equipe da Aged está fiscalizando os animais vivos ou abatidos que estão sendo transportados em nas estradas.

A veterinária da Aged, Silvia Aranha, explica que a documentação sobre os produtos transportados precisam estar corretos. “Pra saber se o trânsito desses produtos está sendo feito adequadamente dentro do Estado.

Nós observamos aqui se os documentos desse trânsito estão acompanhando o trânsito desses animais quando eles vivos ou se quando os subprodutos e se eles estão em posse dos documentos necessários para o transporte de subprodutos”.
A fiscalização é para orientar as pessoas que transportam esse tipo de produto e também punir quem estiver errado.

Além da apreensão da mercadoria, estão previstas ainda multas que variam de acordo com as irregularidades e o tamanho do carregamento.
Segundo a veterinária, as irregularidades são cometidas por desconhecimento das leis ou também pela má intenção de quem a transporta.

“Existe a falta de informação em alguns momentos, em alguns aspectos, mas existe muita má intenção também”, revelou a especialista.
O posto fiscal da Estaca Zero foi o espaço escolhido para a fiscalização porque é considerado um ponto estratégico.

Os fiscais da Aged têm o apoio da Polícia Militar para agirem nos casos de resistência e tentativa de agressão. Eles também averiguam as irregularidades e crimes que não são da área da Aged.

Fiscais da Aged têm apoio da Polícia Militar para agirem nos casos de resistência ou agressão (Foto: Reprodução/TV Mirante)
.