Ministro Aldo Rebelo visitou Memorial Marechal Rondon em Porto Velho (Foto: Toni Francis/G1)
Cumprindo agenda de visita às bases de fronteira, o Ministro da Defesa, Aldo Rebelo, fez uma parada em Porto Velho no início da noite deste sábado (30), onde visitou as dependências da 17ª Brigada de Selva e o Memorial Marechal Rondon, que conserva fotos, livros, artefatos e vídeos que registram a epopeia do desbravador na ocupação e desenvolvimento da região que deu origem a capital rondoniense. Ministro Aldo Rebelo conheceu as demandas doExército em Porto Velho (Foto: Toni Francis/G1)
Na ocasião, Aldo Rebelo destacou a importância do acervo histórico e elogiou a iniciativa do Exército em promover a manutenção da história através do memorial. Neste domingo (1°) o ministro e sua comitiva visitarão o Real Forte Príncipe da Beira, de onde segue para a região de fronteira no Acre.

“Nosso objetivo é valorizar e conhecer a realidade das Forças Armadas, principalmente as bases que atuam na fronteira para a manutenção e proteção da Amazônia”, explicou Rabelo sobre sua visita a Rondônia, Acre e Amazonas.
Questionado sobre as dificuldades enfrentadas no cenário político do atual governo, Rebelo disse que todas as crises serão superadas sem ônus ao país.

“Vamos superar as dificuldades. Em nenhum momento da história qualquer crise fez o Brasil parar.

Vamos conhecer as demandas das Forças Armadas e atender no que for possível”, disse, destacando a implantação do Sisfron, um sistema de monitoramento de fronteira que deve reforçar a proteção dessas regiões.  
A visita do ministro foi destacada pelo general Costa Neves, da 17ª Brigada de Infantaria de Selva.

“É uma visita muito oportuna, ele pôde conhecer de perto o trabalho que estamos fazendo e conheceu nossas demandas”, informou.
.