Portão do aço no 3º DP, que sofreu ataque no dia 6 de março (Foto: Reprodução/TV Verdes Mares)
As portas de vidros de três distritos policiais no Ceará estão sendo substituídas por portões de aço. As mudanças aconteceram depois que as delegacias sofreram ataques. Neste ano, seis delegacias registraram atentados na Grande Fortaleza.

As mudanças aconteceram nos seguintes distritos policiais: 3º (Bairro Otávio Bonfim), 19º (Conjunto Esperança), em Fortaleza, e 20º (Acaracuzinho), em Maracanaú. Conforme a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), as reformas foram iniciadas logo depois que os ataques aconteceram.

No caso do 19º, a mudança ainda será concluída – até a manhã desta terça-feira (26), uma porta de madeira protegia o local. De acordo com a Polícia Civil do Ceará, as novas fachadas que estão sendo executadas nas unidades têm como objetivo “o reforço na segurança dos policiais que atuam nos locais bem como de populares, que se utilizam do serviço oferecido pela instituição”.

Ataques a delegacia em 2016 no Ceará
3 de março
19º DP (Conjunto Esperança – Fortaleza)
3 de março
27º DP (Bairro João XXIII – Fortaleza)
5 de março
23º DP (Conjunto Nova Metrópole – Caucaia)
5 de março
20º DP (Acaracuzinho – Maracanaú)
6 de março
3º DP (Bairro Otávio Bonfim – Fortaleza)
21 de abril
8º DP (Bairro José Walter – Fortaleza)Histórico de ataquesO 19º DP foi a primeira delegacia atacada na série de atentados. Inicialmente, na madrugada do dia 3 de março, o prédio da Secretaria da Justiça (Sejus) foi atacado por quatro homens, que desceram de um carro e atiraram 10 vezes contra o local.

Na noite do mesmo dia, suspeitos armados dispararam tiros contra o prédio do 19º DP. As portas do prédio ficaram destruídas.

O ataque ao 20º DP, em Maracanaú, aconteceu no dia 5 de março. Quatro suspeitos passaram em um carro e atiraram no prédio.

As balas foram identificadas como sendo de pistolas ponto 40 e 380, dos mesmos tipos registrado nos outros ataques.
Já o 3º DP sofreu ataque no dia 6 de março.

De acordo com policiais, de forma similar aos atentados anteriores, homens armados passam de carro em alta velocidade atirando contra o prédio. Ninguém ficou ferido.

O último caso registrado foi no último dia 21 de abril, ao 8º DP. Com o caso, chegou a seis o número de delegacias atacadas só este ano.

Outros ataques e ameaças a prédios públicos já foram registrados em 2016 no Ceará, entre eles, a ameaça de bomba ao prédio da Assembleia Legislativa, no dia 4 de abril, e a depredação à Câmara Municipal de Sobral, que foi pichada e incendiada no dia 13 de abril. Uma porta de madeira foi colocada na frente do 19º DP, no Conjunto Esperança; portão de aço será instalado no local (Foto: Reprodução/TV Verdes Mares)
.