Nova frota foi apresentada em solenidade em frente ao Parque da Cidade, em Porto Velho(Foto: Ísis Capistrano/ G1)
Mais 43 veículos foram entregues na manhã desta quinta-feira (28), para integrar a frota total de ônibus em Porto Velho. A entrega faz parte do projeto de contrato emergencial entre a prefeitura e a nova empresa de transporte a entregar 180 veículos para a capital. Durante solenidade, o prefeito Mauro Nazif disse que “a prefeitura deixou de maneira clara” que não haverá aumento de passagem.

O Consórcio do Sistema Integrado Municipal de Transporte de Passageiros (SIM), que ganhou a licitação emergencial, fez uma solenidade de entrega dos veículos em frente ao Parque da Cidade, na zona norte da capital.
O prefeito esteve no local e respondeu aos questionamentos da imprensa sobre a possibilidade de aumento na passagem.

Segundo Mauro Nazif, as empresas pedem reajuste de R$ 2,60 para R$ 3,45. Mas, segundo ele, “a prefeitura deixou de maneira clara que não vai dar aumento”.

Prefeito garantiu que não vai conceder aumentode tarifa (Foto: Ísis Capistrano/ G1)
“Eles mostram números e dados. Porém eu mostro a população, que não pode ter reajuste nesse período.

E a passagem não irá passar de R$ 3″, disse Nazif que acredita que a frota de 180 veículos vai diminuir o tempo de espera dos usuários nas paradas de ônibus.
Do total de novos veículos, seis estavam em circulação desde março.

Outros 37 começam a rodar na próxima semana.   A frota do consórcio é composta de ônibus seminovos e zero quilômetro.

Há veículos articulado, executivo, micro-ônibus e padrão, de acordo com o Consórcio SIM.
Segundo coordenador municipal de transporte da capital, Everton Kemp, esses ônibus vão entrar nas linhas com maior fluxo de pessoas.

Kemp disse que a Secretaria Municipal de Trânsito (Semtran) já estuda para criar novas linhas na capital, especialmente em locais que contam com novos condomínios.
.