Sandy Salum credita o sucesso de suas quentinhas ao aumento do interesse da população por um estilo de vida mais saudável (Foto: Gabriel Machado/G1 AM)
A busca pelo peso ideal fez a fisioterapeuta Sandy Salum, de 34 anos, mudar física e financeiramente. Ela mudou o estilo de vida e emagreceu 52 kg em seis meses. Após a transformação, se tornou rainha de bateria de escola de samba e passou a comercializar as refeições saudáveis da nova dieta, em Manaus.

   
Quem vê Sandy desfilar seu corpo escultural não imagina a reviravolta que a vida da rainha de bateria sofreu nos últimos sete anos. Em 2009, pesando 110 kg, ela chegou a ser chamada de “baleia” pelo filho mais velho, hoje com 12 anos.

Decidida a mudar o estilo de vida, a amazonense emagreceu e, posteriormente, deu início a um negócio de sucesso: o Comidinhas da Sandy.
O serviço, que atualmente funciona pelas redes sociais Facebook e Instagram, é especializado em alimentação saudável e funcional.

“Comecei o Comidinhas da Sandy há dois anos e dez meses. Sempre postava fotos das minhas comidas e, quando chegava o Carnaval, muitos queriam saber o que tinha feito para conseguir o corpo que tinha”, disse a rainha de bateria ao G1.

Precisando de uma renda extra – ela cria dois filhos e, na época, trabalhava como professora de inglês e cursava Enfermagem –, a amazonense criou coragem e perguntou dos seus seguidores se eles comprariam as suas quentinhas.
“Todos deram apoio.

Tinha apenas R$ 69 na conta para terminar o mês, nem sabia se conseguiria, mas arrisquei com o apoio da minha mãe. Gastei tudo que tinha para começar e no dia seguinte já tinha encomendas”, relembra.

Sandy Salum emagreceu mais de 50 kg (Foto: Arquivo Pessoal )
Apesar da aceitação e procura do público, Sandy confessa que foram difíceis os primeiros meses do negócio. “Comecei com um fogão de duas bocas e um frigobar, em uma quitinete na casa da minha mãe.

Trabalhava dia e noite e, muitas vezes, virava o dia para dar conta das encomendas”, lembrou.
Atualmente, ela conta com três assistentes na cozinha e um serviço terceirizado de mototáxi, que entrega as quentinhas na casa dos clientes.

No cardápio, mais de 30 pratos e sobremesas que abordam as diretrizes de várias dietas (Detox, Dukan, vegana, etc) são destaque.
“Eu mesma faço o meu menu com as comidas sempre quantificadas, pois não adianta dizer que o prato é light sem saber o quanto de proteínas, carboidratos e legumes estão sendo consumidos”, explicou Sandy, que fez parceria com duas nutricionistas de Manaus.

Sandy passou a de dedicar ao carnaval(Foto: Arquivo Pessoal)PlanosCom o sucesso do serviço de alimentação saudável e funcional, a amazonense já tem planos de crescimento. “Tenho o projeto de fazer uma cozinha profissional e expandir o serviço.

São tantos planos que muitas vezes nem consigo dormir (risos)”, disse.
Além disso, ela planeja revender alguns de seus produtos em pontos comerciais da cidade.

“Tenho um sonho de poder ter um ponto no qual eu possa comercializar minhas comidinhas e lanches feitos na hora. Sei que são muitos projetos, mas basta lutar por isso que um dia consigo”.

Para isso, Sandy passou a investir na sua capacitação. “Gosto muito de estudar e ler e estou sempre com livros de gastronomia para estar atualizada.

Fiz cursos de especialidades, como panificação e confeitaria funcional, e viajo três vezes ao ano para São Paulo, onde participo de workshops, compro materiais e degusto produtos. Além disso, nunca paro de fazer experimentos, testes e revisar minhas receitas”, enumerou.

Alimentação saudávelSandy Salum credita o sucesso de suas quentinhas ao aumento do interesse da população por um estilo de vida mais saudável. “As pessoas tinham dificuldade em aderir a uma alimentação mais regrada e benéfica, até mesmo por uma questão financeira.

Mas atualmente, com o auxílio da Internet e das redes sociais, ficou bem mais fácil o acesso a essas informações. Porque não é somente um ingrediente que faz o diferencial na hora da se alimentar, é uma dieta para o dia todo e um novo estilo de vida”, ressaltou.

Cardápio conta com mais de 30 pratos e sobremesas que abordam as diretrizes de várias dietas (Foto: Gabriel Machado/G1 AM)
Para aqueles que têm vontade de tirar uma ideia do papel e transformá-la em um negócio de sucesso, a amazonense dá algumas dicas.
“É preciso ter coragem e saber como é o mercado na sua região.

Muitas vezes, começamos vendendo nossos produtos a um preço abaixo do valor e acabamos somente trocando dinheiro, sem ter lucro ou qualidade. Planejamento é a base de tudo.

Claro que sonhamos em começar nosso próprio negócio de maneira grandiosa, mas se não der, não é para ter vergonha. Basta fazer um bom serviço.

Quando o trabalho é bom, não é preciso placas ou anúncios, o cliente vai atrás de você”, afirma.
.