52 agentes penitenciários e 70 policiais foram escalados para realizar a transferências (Foto: Reprodução Sejus)
A Secretaria da Justiça e Defesa Social do Ceará (Sejus) transferiu nesta segunda-feira (25) 229 presos da Unidade Prisional Agente Luciano Andrade Lima (antiga CPPL I), em Itaitinga, para outras duas unidades prisionais da Região Metropolitana de Fortaleza.
De acordo com a secretaria, a transferência em massa foi necessária para a realização de reparos no presídio, após rebelião ocorrida na quinta-feira (14), quando os internos quebraram celas e arrancaram grades da unidade.
A direção da unidade prisional realizou uma triagem para definir quais presos seriam transferidos, observando itens como adequação do regime e periculosidade dos internos.

Os reparos iniciaram nesta segunda-feira, após o pavilhão ter sido desocupado.
Conforme a Sejus, após o pavilhão ser reparado, os presos serão remanejados entre os demais pavilhões da unidade, para que as outras áreas sejam totalmente consertadas.

Dentre os presidiários transferidos, 169 foram para o Instituto Penal Professor Olavo Oliveira II (IPPOO II) e outros 60 para a Penitenciária Francisco Hélio Viana de Araújo, em Pacatuba. Para realizar a ação, foram escalados 52 agentes penitenciários, além de 70 policiais militares do Batalhão de Choque da Policia Militar (BPChoque) e Batalhão de Policiamento de Guarda Externa dos Presídios e Estabelecimentos Penais (BPGEP).

.