Arma roubada pertencia a uma policial da PRF (Foto: Jeferson Carlos/Arquivo pessoal)
Uma pistola . 40 subtraída de uma agente da Polícia Rodoviária Federal (PRF), durante um roubo em uma academia de ginástica na noite de segunda-feira (18), no Setor 3, em Ariquemes (RO), no Vale do Jamari, foi encontrada na tarde de terça-feira (19). De acordo com a Polícia Civil (PC), a arma foi achada dentro de uma lixeira na frente de uma faculdade, na Avenida Machadinho.

Um adolescente de 17 anos que estava envolvido na ação também foi apreendido.
Conforme o delegado Ricardo Rodrigues, uma denúncia anônima passou a informação de onde estaria a arma de fogo.

A apreensão do adolescente envolvido ocorreu logo em seguida. “Populares encontraram a arma jogada dentro da lixeira e nos informaram.

Fomos até o local e encontramos a arma. Praticamente em seguida, a Polícia Militar localizou o último envolvido no roubo que também foi apresentado na delegacia”, esclareceu.

Para o delegado, cada vez mais é perceptível a presença dos adolescentes envolvidos em algum ato infracional na região do Vale do Jamari. “O número de roubos que envolvem adolescentes tem aumentado no município.

Na maioria das vezes, eles praticam os atos em bando e isso só demonstra que precisamos rever o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), pois infelizmente a mensagem que o estatuto passa é de impunidade e a sociedade esta cansada disso”, exclama.
Todos os envolvidos no roubo à academia tratam-se de adolescentes entre 14 a 17 anos.

O último adolescente apreendido na terça-feira foi localizado depois que outros adolescentes relataram onde ele estava. Arma foi encontrada em lixeira (Foto: Jeferson Carlos/Arquivo pessoal)
Por fim, Ricardo Rodrigues relatou que todos os adolescentes envolvidos foram encaminhados ao Centro Sócio Educativo de Ariquemes (Cesea).

“Por conta do ato infracional, todos foram encaminhados ao Cesea e, hoje pela manhã, foram apresentados ao Ministério Público (MP), para que se inicie o trâmite da responsabilização. Mas, como são adolescentes, existe apenas um período máximo de internação por três anos, podendo ser liberado a qualquer momento, dependendo das condições de comportamento”, finalizou.

Entenda o casoSeis adolescentes entre 14 e 17 anos assaltaram clientes e funcionários de uma academia de ginástica na noite de segunda-feira (18). Eles levaram três motonetas, além de celulares, joias e uma arma de fogo de uma agente policial, cliente do local.

Os jovens foram apreendidos após terem roubado uma distribuidora de bebidas.
Durante diligências, uma guarnição policial localizou dois suspeitos em duas motonetas, no Bairro Rota do Sol.

Após eles fugirem da guarnição, um acabou sendo apreendido depois de tentar fugir a pé. O outro correu para um matagal, disparou tiros contra a polícia e fugiu.

O adolescente apreendido informou onde estaria a arma, mas no trajeto, a polícia se deparou com um dos suspeitos em uma motoneta. Ele acabou sendo apreendido depois de uma perseguição.

Outro envolvido foi localizado dentro de uma casa no Setor 8, onde foram localizados os pertences das vítimas roubados da academia. Dois homens que estavam no local foram presos.

Um adolescente de 14 anos foi apreendido na casa dele, no Setor 11.
.