Grupo terminou ato na Concha Acústica, em Londrina (Foto: RPC/Junior Evangelista)O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente de Londrina, no norte do Paraná, fez um ato público de combate à violência sexual contra crianças e adolescentes sábado (14). A concentração do ato foi no calçadão e teve a participação de muitas crianças. O grupo saiu em caminhada pelo centro da cidade e a concentração terminou na concha acústica com apresentações culturais.

O objetivo dessa ação é chamar a atenção da sociedade para esse tipo de crime.
O ato dá início a semana de mobilização de combate ao abuso e à exploração sexual de crianças e adolescentes.

Na quarta-feira (18), é comemorado o Dia Nacional de combate a esses tipos de crimes.
A data foi instituída após uma tragédia.

Em 1973, Araceli, uma menina de oito anos, foi sequestrada, violentada e assassinada no Espírito Santo. Seu corpo apareceu carbonizado seis dias depois e os agressores, jovens de classe média alta, nunca foram punidos.

Quer saber mais notícias da região? Acesse o G1 Norte e Noroeste
.