Policiais da Delegacia Especializada de Prevenção e Repressão a Entorpecentes (Depre) conduziram na manhã desta quarta-feira (11) uma mulher de 56 anos e a neta dela, de 17 anos, suspeitas de tráfico de drogas no bairro Novo Horizonte, região do Grande Dirceu, Zona Sul de Teresina. A prática criminosa vinha sendo investigada há dois meses. Delegado Menandro Pedro explicou atuação desuspeitas (Foto: Fernando Brito/G1)
Além delas, dois homens também foram presos na casa da suspeita e atuados por tráfico de drogas.

De acordo com o delegado Menandro Pedro, coordenador da Depre, as duas mulheres vendiam drogas e a avó, que é zeladora de uma escola pública, deve responder por tráfico e associação criminosa. O mandado de prisão foi expedido pelo juiz Luiz Moura, da Central de Inquéritos.

“Elas atuavam vendendo drogas ali naquela região do Dirceu e a venda era feita na casa dela. Há dois meses começamos a investigar e agora pedimos o mandado ao juiz Luiz Moura.

Hoje cedo as equipes fizeram a prisão e elas estão sendo autuadas em flagrante na Depre”, falou o delegado.
Ainda conforme o delegado, uma quantidade de crack foi apreendia pelos policiais na casa.

Ele informou que a avó já responde pelo crime de tráfico de drogas. Com relação à neta de 17 anos, um Boletim de Ocorrência Circunstanciado (BOC) será feito na delegacia.

Vovós no tráficoNa semana passada, duas idosas conhecidas como as ‘vovós do tráfico’, ambas com 60 anos de idade, foram presas durante operação da polícia nos bairros Parque Rodoviário e Ilhotas, Zona Sul de Teresina. Segundo a polícia, elas estavam vendendo drogas para um policial militar, que foi conduzido para a Corregedoria da PM após o flagrante.

.