Computador da unidade ficou danificado(Foto: Reprodução/TV Amazonas)
O Hospital Dr. Galo Manoel Ibanez localizado em Nova Olinda do Norte, interior do Amazonas, teve salas e equipamentos quebrados durante uma briga entre jovens no domingo (17). A confusão causou pânico entre funcionários e pacientes da unidade de saúde.

Foram 30 minutos de desespero, de acordo com relatos de testemunhas. Imagens do circuito interno de câmeras do hospital registraram a briga, que envolveu quatro pessoas.

O diretor da unidade, Francisco Bonfim, disse ao G1 que dois homens entraram no hospital em busca de atendimento depois de, supostamente, terem se envolvido em uma confusão minutos antes em um posto de gasolina. Um deles foi levado para ser atendido enquanto o outro esperava na recepção.

Momentos depois, outros dois homens, que também estariam envolvidos na briga do posto, chegam ao hospital. O rapaz que esperava na recepção, ao ver a dupla chegar, seguiu até a emergência para avisar o conhecido que recebia socorro médico.

Logo depois, eles voltam e iniciam a briga dentro do hospital.
Na confusão, eles invadiram enfermarias, quebraram portas e computadores.

O aparelho de ultrassonografia também ficou danificado. “Ficaram brigando pelos corredores das enfermarias, depois entraram na área restrita da maternidade, praticaram vários atos de vandalismo”, disse o diretor.

De acordo com testemunhas, mulheres operadas e pessoas que estavam no local tentavam sair em busca de socorro e proteção aos bebês recém nascidos. Alguns atendimentos chegaram a ser suspensos.

A briga só terminou com a chegada da polícia. Os envolvidos foram levados para a delegacia do município.

Dois deles são menores de idade. Eles foram apreendidos, mas liberados.

Os outros dois estão detidos. A direção do hospital informou ainda que esta é a segunda vez que atos de vandalismo ocorrem no local.

Na semana passada, outro grupo tentou invadir na unidade.
.