Alunos da Escola Risoleta Neves durante ação (Foto: Assessoria/ Divulgação)
A cartilha para ensinar noções de cidadania à crianças e adolescentes da rede pública lançada há quase dez anos voltou para o convívio escolar em Porto Velho. Alunos das escolas Risoleta Neves e Castelo Branco puderam conhecer as histórias em quadrinhos da iniciativa da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB).
As escolas abriram o ciclo de lançamentos.

Os alunos tiveram oportunidade de assistir uma peça de teatro no qual atores contam histórias vivenciadas por juízes do Tribunal de Justiça de Rondônia (TJ-RO).
A peça tinha como temática o foco nos estudos, o bullying e as consequências que as crianças poderiam ter no futuro caso se envolvessem com bebidas, drogas ou prostituição.

A cartilha traz ilustrações em quadrinhos de noções de cidadania e justiça de maneira lúdica, além de temas como bullying, guarda compartilhada, a lei Maria da Penha, a Justiça Restaurativa, os Juizados Especiais, as relações homoafetivas e muitos outros assuntos.
Os estudantes também viram de perto os personagens Brasilzinho e a Deusa Thêmis, guardiã da Justiça, que saíram da revistinha em quadrinhos para animar a criançada.

A caravana de lançamento da revista segue para cidades da Bahia, São Paulo, Amazonas, Acre, Rio Grande do Sul e Juiz de Fora nos próximos meses.
.