Além da droga, polícia encontrou um galão de combustível. Um carro, celulares, notebook e dinheiro também foram apreendidos. (Foto: SSPDS/Divulgação)Policiais da Coordenadoria de Inteligência da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) prenderam duas pessoas com um galão de gasolina e 116,650 kg de maconha prensada em formato de tabletes nesta segunda-feira (18) na Rua Nereide, Bairro Granja Lisboa.

Junto ao galão havia um adesivo com o nome de uma facção criminosa. A polícia chegou à casa onde as prisões foram efetuadas após denúncias anônimas de que uma dos detidos tinha envolvimento com o ataque ao 24º Distrito Policial.

Segundo a polícia, um dos suspeitos de 24 anos conhecido como “Araújo” já responde a seis procedimentos policiais, sendo um por tráfico de drogas, outro por roubo, a duas tentativas de homicídio e a dois procedimentos por porte ilegal de arma de fogo. A companheira de Araújo de 20 anos não possuía antecedentes criminais.

Galão de combustível e adesivosAlém da maconha, policiais encontraram 910 gramas de crack em uma pedra grande, uma espingarda calibre 12, munições  de calibre 12 e 380, um galão de combustível, sacos e malas usados para acondicionar os entorpecentes, além de equipamentos eletrônicos como três tablets, um notebook, dois celulares e  uma balança  de precisão, a quantia de R$ 59,00 e um carro de cor prata. Também foram encontrados com eles aproximadamente 1.

200 adesivos com as siglas CV. Ataque contra delegaciaOs levantamentos foram iniciados após a Polícia Civil receber denúncia anônima sobre o envolvimento de  “Araújo” no ataque cometido no dia 5 de março contra o 23º Distrito Policial, situado no Conjunto  Novo Metrópole, no município de Caucaia.

 A partir da denúncia, os policiais passaram a realizar diligências e a acompanhar a rotina de “Araújo” e, segunda-feira, notaram uma movimentação suspeita na casa do suspeito, característica do tráfico de drogas. O homem e a mulher foram autuados em flagrante por tráfico e associação para o tráfico de drogas e por posse ilegal de arma de fogo, na Divisão de Combate ao Tráfico de Drogas (DCTD).

Além da maconha, policiais encontraram 910 gramas de crack em uma pedra grande (Foto: SSPDS/Divulgação)
.