Festival é levado a várias comunidades no Brasil e no exterior, segundo a organização do Cineamazônia (Foto: Assessoria/Divulgação)
O festival rondoniense de cinema ambiental, Cineamazônia, inicia nesta quarta-feira (11) a primeira etapa itinerante do projeto e, neste ano, pode quebrar o recorde de quilômetros percorridos entre eventos itinerantes de cinema.
Segundo nota, o Cineamazônia itinerante já percorreu 150 mil quilômetros desde 2008. A organização diz que pleiteará um espaço no ‘Guiness Book’ ao final das etapas itinerantes, que segue de 11 a 24 de maio.

Essa programação é realizada desde 2008 e faz parte do festival que será realizado entre os dias 23 e 27 de agosto, em Porto Velho.
Segundo a organização do evento, a caravana não se limita ao território brasileiro.

Durante os oito anos de itinerância, já levou o cinema a países como Colômbia, Bolívia, Peru, Portugal e Cabo Verde. O trabalho, segundo a assessoria, consiste em três fases: uma feita por terra, explorando as estradas no meio floresta amazônica; outra feita seguindo o rio Guaporé  e a terceira realizada visitando comunidades da Serra da Estrela, em Portugal.

Na primeira fase, por terra, serão visitadas as cidades do Acre, distritos de Porto Velho e comunidades do Peru. O início da jornada será no Peru, nas cidades de Iñapari, Arca de Pacahuara e Planchon, todas próximas à fronteira com o Brasil.

Depois a itinerância entra em território brasileiro e visita o município Capixaba, no Acre.
Já em Rondônia, a itinerância passará pelos distritos de Porto Velho, como Nova Califórnia, Extrema, Vista Alegre do Abunã, Fortaleza do Abunã, Abunã, União Bandeirantes, Vila Jirau, Rio Pardo e terminando em Jacy Paraná.

.