Responsáveis podem ser presos por usar equipamentos em alta potência (Foto: Divulgação/PMA)
Uma companhia de pagode foi multada por R$ 5 mil por poluição sonora na última segunda-feira (11) em Corumbá, a 415 quilômetros de Campo Grande. Segundo a Polícia Militar ambiental (PMA), caixas de som eram utilizadas em alta potência em uma casa noturna que pertence à empresa.
Policiais, em trabalho conjunto com a Fundação de Meio Ambiente do município, recolheram duas caixas e uma mesa de som, além de três amplificadores.

A casa noturna usava o som acima do limite da legislação e perturbava vizinhança, conforme a PMA.
A empresa foi autuada administrativamente e multada.

Os responsáveis pela empresa proprietária dos aparelhos e da casa noturna devem responder por crime de poluição sonora, que prevê pena de um a quatro anos de prisão.
.