A Perícia Técnica de Ariquemes constatou que nos cadáveres dos dois irmãos, encontrados em Buriti, haviam marcas de tiros na cabeça e no peito. (Foto: Franciele do Vale/G1)
Os corpos de dois irmãos, sendo um de 29 anos e outro de 32 anos, que estavam desaparecidos após terem saído da residência para visitar outro irmão foram encontrados na última terça-feira (26), no Rio Candeias, no Km 25, da Linha C-50, zona rural de Buritis (RO), no Vale do Jamari.
De acordo com a Polícia Militar (PM), os irmãos foram vistos pela última vez no domingo (24), quando se encontraram para ir até a Linha Saracura para visitar o irmão.

A Polícia Civil investiga o caso.
Conforme o boletim de ocorrência, a cunhada relatou que os irmãos desde o domingo ainda não haviam dado notícias.

Na terça, ela foi informada que pescadores encontraram a motocicleta em que os irmãos saíram, próximo a uma ponte e que na margem do rio havia um corpo boiando. A cunhada se deslocou até o local, reconheceu uma das vítimas e acionou a polícia.

A Perícia Técnica e o Corpo de Bombeiros de Ariquemes (RO) foram solicitados para retirar o corpo de dentro do rio e iniciar as buscas pelo outro irmão que ainda estava desaparecido. Com a orientação dos pescadores, eles entraram na linha C-50 e localizaram a motocicleta, caída na margem da via.

Na ponte do Rio Candeias, os policiais também encontraram manchas de sangue na estrutura.
O cadáver do irmão mais novo também foi encontrados bombeiros também localizaram o corpo do irmão mais novo e o retiraram das águas.

A perícia constatou que a vítima foi assassinada com disparos de arma de fogo na região da cabeça. Logo em seguida, os bombeiros continuaram as buscas pelo outro irmão e o localizaram cerca de 100 metros distantes um do outro.

Depois de ser retirado da água, a perícia relatou que a segunda vítima também foi assassinada e que havia uma perfuração na região do peito que foi provocada por um disparo de arma de fogo, provavelmente por uma espingarda. Após os trabalhos da perícia que devem auxiliar nas investigações, os corpos foram liberados a uma funerária de plantão.

O crime foi registrado na Delegacia de Polícia Civil de Buritis, onde o duplo homicídio está sendo investigado.
.