Local funcionava sem o licenciamento ambiental (Foto: PMA-MS / Divulgação)
A Polícia Militar Ambiental (PMA) realizou, nesta segunda-feira (11), uma fiscalização em uma rancho de turismo de Miranda, a 195 km de Campo Grande. O local funcionava ilegalmente e o proprietário da empresa, de 33 anos, foi multado em R$ 15 mil por  falta de licença ambiental.
Os policiais constataram que o local estavam sem autorização do órgão ambiental e desenvolvia diversas atividades recebendo turistas.

O dono, que mora em Campo Grande, foi autuado administrativamente e multado.
A PMA ainda interditou as atividades e o autuado também responderá por crime ambiental.

A pena de detenção de três a seis meses, além da multa.
.