Casal e irmã do ex-presidiário foi foram presos pela Rocam (Foto: Divulgação/Polícia Militar)
Um ex-presidiário 26 anos e a esposa de 21 anos foram presos por tráfico de drogas pela Polícia Militar, na noite de quinta-feira (21), no bairro Lírio do Vale I, Zona Oeste de Manaus. A irmã do homem, que teria tentado subornar os policiais militares com R$ 5 mil em troca da liberação do casal, também foi presa pela PM.
Segundo a PM, uma equipe da Ronda Ostensiva Cândido Mariano (Rocam) fazia patrulhamento de rotina no bairro Compensa quando encontrou o ex-presidiário.

Durante a abordagem, os policiais encontraram trouxinhas de drogas no bolso do homem e no celular do suspeito havia uma mensagem de áudio de um homem pedindo entorpecentes.
De acordo com a PM, o homem demonstrou nervosismo ao ser questionado sobre documento de identidade e local onde residia.

A equipe da Rocam acompanhou o suspeito até uma residência situada na Rua dos Bandeirantes, bairro Lírio do Vale I. Porém, ainda no trajeto até a casa a esposa do suspeito apareceu em uma moto.

A PM também verificou que havia uma mensagem de áudio informando que o marido dela tinha sido preso e a ordem da retirada tudo que havia do quarto. A polícia suspeitou que a ordem se referisse a retirada de drogas.

O casal foi levado até casa, onde a PM achou 18 trouxinhas de drogas dentro de um saco escondido em cima de um guarda-roupa. No local havia ainda mais três trouxinhas, uma porção de maconha e uma porção de substância entorpecente supostamente oxi.

Um caderno com supostas anotações do tráfico de drogas também foi encontrado.
Os policiais disseram que, durante a revista no imóvel, a irmã do ex-presidiário perguntou se haveria possibilidade de resolver a situação com “jeitinho”.

Segundo a PM, a mulher, de 28 anos, ofereceu R$ 5 mil para liberar o casal. Com a oferta de propina, a mulher foi presa por corrupção ativa ao retirar a quantia em dinheiro de dentro do sutiã.

O trio foi levado para o 19º Distrito Integrado de Polícia (DIP). O casal será indiciado por tráfico de drogas e irmã do homem por corrupção ativa.

.