Bando foi preso em frente a uma escola, quando se preparava para sequestrar um empresário que ia buscar o filho(Foto: Matheus Henrique/G1)
Uma quadrilha formada por cinco pessoas, sendo três homens e duas mulheres foi presa pela Polícia Militar na manhã desta segunda-feira (18), no Bairro Tancredo Neves, na Zona Leste de Porto Velho. O bando estava prestes a realizar o sequestro de um empresário na frente da Escola Estadual Risoleta Neves. Dois homens estavam em um carro e uma moto dava apoio.

A informação chegou à polícia por meio de uma denúncia anônima fornecida ao Serviço de Inteligência.
O grupo foi pego no momento em que se preparava para abordar o empresário e realizar o sequestro.

Nessa hora, a vítima estava pegando o filho na escola. Com o grupo foram apreendidos uma pistola e munição.

Depois de abortar a ação da quadrilha, os policiais militares se deslocaram até a casa de um dos suspeito. também localizada na Zona Leste.

No local, foram encontradas duas mulheres que, segundo os PMs, também são suspeitas de participar do bando. Após uma revista no imóvel, foram encontrados dois monitores de tv, telefones celulares, um relógio, uma câmera fotográfica e dois coletes a prova de bala.

O grupo também é suspeito de ter arrombado o caixa eletrônico da Câmara Municipal de Porto Velho, no dia 15 de abril. Os coletes a prova de bala encontrados com o bando, seriam dos vigilantes da câmara.

Uma pistola, celulares, monitores de tv e coletes a prova de balas foram achados com o grupo. (Foto: Matheus Henrique/G1)
“Recebemos uma denúncia que haveria um sequestro nas proximidades da Escola Risoleta.

O grupo foi interceptado esperando a vítima chegar. São suspeitos do roubo a câmara por causa dos coletes a prova de bala que encontramos”, relatou o sargento Gusmão da Polícia Militar.

Um dos acusados já tem passagem e segundo a polícia seria foragido do sistema prisional. A ocorrência foi registrada na Central de Polícia e será investigado se o grupo tem participação em outras ações criminosas.

.