O setor de turismo do Teatro Amazonas funcionará de terça a sábado, das 9h às 17h (Foto: Jamile Alves/G1 AM)
A Secretaria de Estado de Cultura (Sec) readequou os horários de funcionamento de algumas de suas unidades, tendo como base o maior fluxo de visitação e menor prejuízo para a população. As informações são da própria Sec e os novos horários podem ser conferidos no www. cultura.

am. gov.

br. A mudança passa a vigorar a partir desta quarta-feira (11).

A decisão visa atender o Decreto Estadual nº 36. 880 de 28 de abril deste ano, que dispõe sobre a redução – em caráter temporário – do horário de expediente dos órgãos do Governo do Estado, como medida para redução de custos orçamentais.

Segundo o secretário de Cultura, Robério Braga, a redução se dá em virtude da crise econômica que atinge o Brasil. “Apesar da redução dos custos orçamentários, estamos respeitando a preocupação de causar o menor impacto possível na vida da população, avaliando as necessidades específicas de seus serviços e setores, em busca de soluções de como poderíamos nos adequar ao Decreto”, afirmou o secretário.

De acordo com a autoridade, a Sec decidiu manter o funcionamento de algumas unidades, como a Biblioteca Pública e o Liceu de Artes e Ofícios Claudio Santoro, entre outras.
A sede da secretaria, localizada na Zona Sul de Manaus, passará a atender ao público das 8h às 14h, de segunda a sexta-feira.

O mesmo horário vale para os departamentos administrativos das unidades: Amazonas Film Comission, Ateliê de Restauro, Centro Cultural Povos da Amazônia, Centro Cultural Palácio Rio Negro, Centro Cultural Palácio da Justiça, Museu Casa Eduardo Ribeiro, Museu do Homem do Norte, Palacete Provincial e Usina Chaminé. BibliotecasO atendimento ao público da Biblioteca Pública, Biblioteca Braille, Biblioteca de Artes e Biblioteca Fred Góes continuam funcionando no mesmo horário.

E as Salas de Leitura do Centro de Convivência Pe. Vignola, do Idoso e Magdalena Arce Daou também permanecem no mesmo horário, acompanhando o espaço em que estão inseridas.

Somente as Bibliotecas Thália Phedra Borges, Pe. Agostinho Caballero Martin, Emídio Vaz D’ Oliveira, Arthur Reis, Mario Ypiranga Monteiro e Genesino Braga que passam a funcionar de segunda a sexta, das 8h às 14h, no seu horário de maior fluxo.

Confira os horários dos pontos turísticos. Centro Cultural dos Povos da Amazônia: de segunda a sexta, das 8h às 14h.

Centro Cultural Palácio Rio Negro e Usina Chaminé: de terça a sexta das 8h às 14h e sábado das 9h às 13hCentro Cultural Palácio da Justiça: de terça a sexta das 8h às 14h e domingo das 9h às 13h. Galeria do Largo: de terça a domingo das 13h às 19h.

Palacete Provincial: terça a sexta das 9h às 14h e aos sábados das 9h às 13h. Museu Casa Eduardo Ribeiro: de terça a sexta das 9h às 14h e aos domingos das 9h às 13h.

Museu do Seringal: de terça a domingo das 09h às 16h. Casa das Artes: de terça a domingo, das 13h às 19h.

Teatro Amazonas: o setor de turismo funcionará de terça a sábado, das 9h às 17h; E o setor administrativo e o Acervo Histórico do Teatro Amazonas passa a funcionar de terça a sexta-feira, das 8h às 15h30.
.