Exposição chama atenção de jovens e adultos no shopping de Porto Velho (Foto: Toni Francis/G1)
A exposição de peças arqueológicas, que indicam a presença do homem na região de Rondônia há pelo menos sete mil anos, foi uma das principais atrações deste fim de semana no shopping de Porto Velho, chamando atenção de jovens e adultos. Sônia Maria e Jaqueline Alves Borges, primasprestigiam exposição (Foto: Toni Francis/G1)
A data atribuída a algumas peças surpreenderam alguns visitantes. “Não imaginei que Rondônia pudesse ter sido ocupada há tanto tempo, realmente fiquei surpresa”, comentou a paranaense Sônia Maria Borges, de 61 anos, que acompanhou a prima Jaqueline Alves Borges, de 43 anos, em um passeio pelo shopping neste domingo (8).

“Achei uma exposição incrível”, disse Jaqueline enquanto corria os olhos pelas peças.
A aposentada Cleide Romano, de 73 anos, que também visitou a exposição, diz que serviu o Exército Brasileiro, no 5º Batalhão de Engenharia e Construção (5º BEC) e que sempre ouviu falar dos sítios arqueológicos.

“Para mim não é surpresa que esta terra tenha sido habitada por homens da antiguidade”, observou.  Cleide Romano não se surpreendeu pela idadedas peças expostas (Foto: Toni Francis/G1)
A amostra que reúne peças resgatadas nos mais de 50 sítios arqueológicos encontrados na área da Hidrelétrica Santo Antônio, fica em exposição até a próxima sexta-feira (13), segundo a organização.

O objetivo da exposição é difundir o conhecimento adquirido por meio dos programas socioambientais e ações de sustentabilidade.
O analista de comunicação e organizador da exposição, Maurício Vasconcelos, informou que, além de panfletos informativos e placas, os visitantes contam com a orientação de monitores, biólogos que, procurados, dão maiores detalhes sobre as peças expostas.

“A exposição está dividida em três categorias, a de caçadores, ceramistas e a do material da EFMM”, salientou.
.