Fernando Couto era casado, mas não tinha filhos (Foto: Facebook/Reprodução)
A família do brasileiro Fernando Couto, de 36 anos, encontrado morto nesta sexta-feira (22) em um apartamento em Buenos Aires, foi orientada pelo Consulado-Geral do Brasil na Argentina a aguardar o desenrolar do caso antes de viajar ao país vizinho. O corpo deverá passar por exames no Instituto Médico Legal (IML) argentino nesta segunda-feira (25) e só depois poderá ser liberado à família.
“Por enquanto, ninguém da familia viajou.

Estamos esperando a segunda-feira para definir quem irá para lá. Estamos todos muito abalados”, disse o irmão dele, Marcelo Couto.

Por enquanto, ninguém da familia viajou. Estamos esperando a segunda-feira para definir quem irá para lá.

Estamos todos muito abalados”, disse o irmão dele.
Marcelo Couto, irmão
O Itamaraty, órgão federal responsável por intermediar relações do Brasil com outros  países, informou ao G1 que já mantém contato com a mãe de Fernando Couto, Maria Lílian Soares, a quem orienta sobre como emitir a certidão de óbito e opções de empresas funerárias para providenciar o preparo do corpo, quando for liberado.

O Consulado-Geral do Brasil na Argentina confirma essa informação, mas não detalha o estágio em que estão os procedimentos. Viajou para estudarFernando Couto era casado, mas não tinha filhos.

Morava com a família em Formiga, no Centro-Oeste de Minas Gerais. Formado em veterinária, resolveu trancar um curso de ciência da computação no Brasil e viajar à Argentina, onde estava havia 15 dias, para estudar medicina.

Não tinha parentes no país vizinho.
Gostava de pedalar nas horas vagas.

Fator que, segundo a família, foi determinante para que ele sempre tivesse boa saúde. Segundo o irmão Marcelo Couto, o irmão não tinha problemas que justificassem algum tipo de cuidado médico.

“Tudo indica que ele tenha tido um mal súbito. Um infarto, talvez”, disse.

Na página do brasileiro no Facebook, parentes e amigos lamentam a morte dele. “Meu primo, meu xará, primeiro bisneto da Vó Albertina, você vai fazer muita falta, cara! Estamos extremamente tristes e chocados, mas saiba que só deixou boas lembranças e estará sempre em nossas vidas”, escreveu Fernando César Soares Nogueira em um dos comentários.

Mensagem deixada em página de Fernando Couto após notícia de sua morte (Foto: Facebook/Reprodução)
.