Lançamento do Institucional Links contou com a participação do diretor geral da FAS, Virgilio Viana (Foto: Gabriel Machado/G1 AM)
A Fundação Amazônia Sustentável (FAS) lançou na noite desta segunda-feira (11) a chamada do programa Institucional Links, em Manaus. O lançamento aconteceu na sede da FAS, Rua Álvaro Braga, Parque Dez, Zona Centro-Sul da capital, e contou com a presença do diretor geral da fundação, Virgilio Viana, e do Conselheiro-chefe para Assuntos Científicos do Governo do Reino Unido, professor Sir Mark Walport.
O Institucional Links visa estabelecer conexões além do nível individual do pesquisador e do agente de inovação, expandindo oportunidades para colaborações mais sustentáveis e orientadas à solução de problemas entre grupos acadêmicos, setor privado e terceiro setor (ONGs e pequenas e médias empresas, entre outras organizações sem fins lucrativos).

O programa é uma parceria entre a FAS e o Fundo Newton, uma iniciativa do Governo Britânico que visa promover o desenvolvimento social e econômico de 15 países parceiros por meio de pesquisa, ciência e tecnologia. Evento aconteceu na noite desta segunda (11), na sede da FAS em Manaus (Foto: Gabriel Machado/G1 AM)
“Por meio dessa parceria, nós vamos ofertar recursos para grupos de pesquisadores do Amazonas trabalharem com instituições inglesas em torno de temas prioritários para as comunidades ribeirinhas do Estado.

[O Institucional Links] é algo bastante inovador e singular para nós”, afirmou o diretor geral da fundação, Virgilio Viana, ao G1.
O Institucional Links selecionará propostas que promovam a troca de conhecimentos científicos e acadêmicos entre pesquisadores brasileiros, britânicos e a comunidade, para buscarem soluções de desenvolvimento sustentável para comunidades isoladas da Amazônia, que poderão ser aplicadas em outros ecossistemas megadiversos.

“A pesquisa será feita nas próprias comunidades ribeirinhas. Então o objetivo é desenvolver tecnologias relevantes que solucionem problemas de renda, educação, saúde e energia elétrica desses grupos”, disse Virgilio.

O programa estava sendo desenvolvido há cerca de um ano e inicia suas inscrições na próxima segunda-feira (18) – com prazo de encerramento no dia 18 de junho. No total, serão oferecidas duas vagas para projetos.

Segundo Virgilio, o público alvo do Institucional Links são pesquisadores, professores e estudantes de graduação e pós-graduação que tenham interesse nas categorias de atividades apresentadas no edital do programa, que pode ser encontrado no site da FAS (fas-amazonas. org).

“É uma pesquisa voltada para identificar soluções concretas. Depois de concluída, seus idealizadores serão convidados a apresentá-la para os líderes que representam essas comunidades [ribeirinhas], para que eles possam avaliá-la”, encerrou o diretor geral da FAS.

.