Família estava em casa quando as chamas começaram (Foto: Fernando Brito/G1)
“Foram momentos de terror”. Foi assim que a dona de casa Vanilda Oliveira descreveu os momentos que passou no início da tarde do domingo (24), quando teve parte da casa incendiada no bairro Dirceu Arcoverde, Zona Sudeste de Teresina. A família ainda não contabilizou os prejuízos, mas sabe que perdeu móveis de escritório e aparelhos eletrônicos como computadores.

Na parte superior da residência funcionou uma antiga fábrica de jeans.
 No momento do incêndio, vizinhos correram e tentaram controlar as chamas e ainda ajudaram a retirar algumas caixas com mercadorias da parte de baixo da casa.

O marido de Vanilda trabalha com distribuição de embalagens plásticas. Uma pessoa que passava próximo ao local gravou um vídeo (veja ao lado).

“Foram momentos de terror. Ninguém nunca espera uma coisa dessas acontecer na própria casa.

Estava dormindo com meu filho quando tudo aconteceu. Foi muito rápido e desesperador.

Tentamos salvar o que podíamos, mas infelizmente quando percebemos o fogo, toda a parte de cima da casa já tinha sido tomada pelas chamas”, relatou Vanilda. Segundo ela, tudo aconteceu por volta do meio dia quando Vanilda Oliveira e o esposo, Givanildo Silva estavam com os dois filhos em casa.

“Eu assistia TV na sala de casa quando me assustei com a fumaça vindo do andar de cima. Foi um susto muito grande e tudo aconteceu muito rápido.

Materia de escritório como móveis e computadores foram destuídos pelas chamas (Foto: Fernando Brito/G1)
Ninguém espera uma coisa dessas acontecer na sua casa num domingo na hora do almoço. Acionamos os vizinhos, os amigos e o Corpo do Bombeiros.

Todo mundo ajudou”, contou. O casal conta que conseguiu recuperar pelo menos R$ 50 mil em mercadorias que estavam na parte de baixo da casa.

Eles conseguiram tirar ainda móveis, dois carros e duas motos. De acordo com Vanilda, a ajuda dos vizinhos foi fundamental.

“Nós teríamos perdido tudo se não fosse a ajuda dos vizinhos. Muitas pessoas apareceram para ajudar.

Gente que nunca tinha visto, pessoas que não conhecia se mobilizaram”, disse. Desde o fato, a família tem ficado na casa de amigos.

Os proprietários da residência ainda não têm ideia do que possa ter provocado o fogo e devem procurar o Corpo de Bombeiros para solicitar uma perícia. Após incêndio, casal e os filhos foram para a casa de amigos (Foto: Fernando Brito/G1)
.