Em Fortaleza, servidores públicos protestam próximo à Assembleia Legislativa do Ceará contra o impeachment de Dilma (Foto: Comunicadores pela Democracia)
Servidores públicos protestam na Avenida Pontes Vieira, em Fortaleza, no cruzamento com a Avenida Desembargador Moreira, próximo a Assembleia Legislativa do Estado, contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff. Este é um dos três atos que acontecem nesta terça-feira (10), integrando o Dia Nacional de Paralisações e Mobilização contra o Golpe e em Defesa de Direitos dos Trabalhadores.
As atividades são coordenadas pela Frente Brasil Popular Ceará.

Entre as agendas, destaque para a manifestação contra o Projeto de Lei Complementar 257 (PLP 257/2016), que tramita em regime de urgência na Câmara dos Deputados. Para os manifestantes, o projeto “ataca frontalmente” os direitos dos servidores federais, estaduais e municipais.

Servidores públicos protestam na Avenida PontesVieira, em Fortaleza (Foto: Lena Sena)Os outros atos estão agendados também para esta manhã na Praça do Carmo e no Hospital Walter Cantídio.
De acordo com a presidente do Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Fortaleza (Sindiute), Ana Cristina Guilherme, o ato é em repúdio à pauta trabalhista de um eventual governo Michel Temer e contra o PL 257.

Um outro movimento, cuja reivindicação é por moradia, também faz caminhada próximo à Assembleia. Em todo o país, 12 estados e DF têm protestos contra o impeachment nesta manhã.

Há atos na Bahia, Ceará, Espírito Santo, Minas Gerais, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, São Paulo e no Distrito Federal. Rodovia interditadaMembros do Movimento dos Trabalhadores Rurais sem Terra (MST) bloqueiam na manhã desta terça-feira (10), trecho da BR-116, no município de Chorozinho, na Região Metropolitana de Fortaleza.

Em Chorozinho, a BR-116 ficou interditada nos doissentidos devido a protestos (Foto: Divulgação/PRF)
Eles protestam contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff e também por reforma agrária. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF) do Ceará, o bloqueio acontece no quilômetro 67 da rodovia.

A via está está interditada nos dois sentidos desde às 6h30. A PRF-CE estima que cerca de 200 pessoas participam do ato.

.