Encontro teve participação do secretário adjunto de saúde em Rondônia (Foto: Rogério Aderbal/ G1)
As principais demandas da saúde de Rondônia serão debatidas, até a próxima sexta-feira (13), em encontro de gestores municipais de saúde que está sendo realizado em Cacoal (RO), município a 480 quilômetros de Porto Velho. O evento teve início nesta quarta-feira (11), com a 2º Oficina de sobre a Central de Regulação de Urgência e Emergência (Crue).
Além dos gestores e secretários municipais, participou do encontro o secretário adjunto de saúde do estado, Luiz Eduardo Maiorquim, que destacou a importância da Crue para o bom funcionamento do setor de emergência.

 
“A Crue foi instalada a pouco mais de dois meses com o objetivo de diminuir os gastos e o fluxo desnecessário de pacientes para os grandes centros de saúde. Com o novo sistema de regulação, o paciente será direcionado para o centro de saúde mais próximo da região dele.

Claro que isso depende da recomendação médica de cada caso”, esclareceu.
Conforme o secretário de saúde de Cacoal, Fabiano Amorim, o debate é importante pincipalmente para o município, que viu sua demanda crescer de forma considerável, com a implantação do sistema de urgência.

“Hoje estamos atendendo 29 municípios. E, para evitar que o atendimento não fique prejudicado, é preciso se criar um sistema de regulação eficiente para direcionar o paciente para onde for o local mais adequado com sua condição de saúde e de logística”, apontou.

O evento segue na quinta-feira (12) com a reunião da Câmara Técnica do setor, onde os gestores pautarão os assuntos que serão discutidos na sexta-feira (13), durante o encontro da Comissão Intergestores Bipartite (CIB).
.