Com “efeito dominó”, um grupo fez protesto contra corrupção, na tarde deste domingo (1º), no Parque das Nações Indígenas, em Campo Grande. Cada manifestante colocou máscara de alguém que considera corrupto e amarrou colchão nas costas para simular peça de dominó. (assista ao vídeo acima)
Os manifestantes se reuniram em volta do lago do parque.

Com uma máscara do juiz Sérgio Moro e segurando a bandeira do Brasil, um manifestante empurrou a primeira peça, que era uma pessoa com máscara da presidente Dilma Rousseff e o colchão nas costas. Consequentemente, os outros manifestantes foram caindo em efeito dominó.

Segundo a organização, 155 pessoas participaram do ato. A Polícia Militar (PM) não fez estimativa.

O objetivo do protesto é simular a queda dos corruptos do país, de acordo com a organização. Grupo se reuniu em volta do lago do Parque das Nações Indígenas (Foto: Rodrigo Grando/TV Morena)Manifestante com máscara do juiz Sérgio Moro empurrou dominó (Foto: Alysson Maruyama/TV Morena)
.