Festival acontece nos dias 14 e 15 de maio (Foto: Divulgação/Instituto de Cultura Hip-Hop do Amapá)
A cultura hip-hop, que une o rap, break e graffiti, será celebrada nos dias 13 e 14 de maio na 13ª edição do Festival Amazônico de Hip-hop. O festival será realizado no anfiteatro da Fortaleza de São José de Macapá, no Centro da cidade.
Criado em 2003, o evento visa o fortalecimento das mais diversas linguagens artísticas que compõem o universo da cultura hip-hop.

A programação é gratuita e vai proporcionar momentos de reflexão com debates e roda de conversa.
De acordo com o produtor cultural e coordenador do evento, Augusto Zulu, a partir desta edição o festival entra em um momento de evolução e amadurecimento político e cultural.

“Vamos aproveitar para discutir um pouco mais acerca do hip-hop como movimento que procura despertar a identidade étnico-racial e reafirmar a nossa identidade amazônica, reunindo através de um grande encontro as lideranças do movimento nacional e principalmente dos estados da Amazônia Legal, o movimento hip-hop da floresta”, reforçou.
O evento também conta com uma série de atividades como workshops, oficinas (graffiti, dança, MC e discotecagem), a disputada “Batalha Amapá”, além do encontro do movimento hip-hop da floresta, que tem como objetivo refletir sobre a contribuição que a juventude ligada ao hip-hop pode dar à sociedade e encerramento com o show do grupo de rap paulista Realidade Cruel.

.