Secretaria afirmou que luminária deve ser substituída e que motorista deve arcar com os gastos(Foto: Eliete Marques/G1)
Um motorista, de 30 anos, foi preso na madrugada desta segunda-feira (25), após derrubar e quebrar uma luminária do canteiro central da Avenida Paraná, em Vilhena, na região do Cone Sul de Rondônia. O condutor realizou o teste do bafômetro, que apontou 1,35 miligramas de álcool por litro de ar expelido.   
Conforme a Polícia Militar (PM), a guarnição foi chamada para atender um chamado de acidente de trânsito.

No local, os militares flagraram o motorista tentando fugir do local com o carro após quebrar a luminária. Ao abordá-lo, perceberam sinais visíveis de embriaguez, como dificuldades de equilíbrio, olhos vermelhos, fala alterada e odor de álcool.

O motorista foi convidado e aceitou fazer o teste do bafômetro. Após o resultado, ele recebeu voz de prisão e foi encaminhado à Casa de Detenção do município.

A chave do carro foi entregue à esposa do homem, mas o automóvel não tinha condições de rodar, pois o motor estava danificado.  
De acordo com a Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp), a luminária deve ser substituída nos próximos dias e o motorista deve ser responsabilizado pelos gastos com os reparos.

Lei SecaÉ considerado crime quando o motorista é flagrado conduzindo veículos com índice de álcool no sangue superior a 0,34 miligrama de álcool por litro de ar expelido ou 6 decigramas por litro de sangue.
A pena de detenção pode variar de 6 meses a 3 anos, multa e suspensão temporária da carteira de motorista ou proibição permanente de obter a habilitação.

O Código de Trânsito Brasileiro estabelece multa de R$ 1. 915,40, além de 7 pontos na carteira.

Os condutores também têm a CNH apreendida. Se o motorista tiver cometido a mesma infração nos 12 meses anteriores, o valor da multa é dobrado.

.