A Polícia Militar Ambiental (PMA) prendeu, durante fiscalização da operação Tiradentes, em Corumbá, a 415 km de Campo Grande, um homem que estava com 141 kg de pescado ilegal. Ele foi autuado administrativamente e ainda recebeu uma multa de R$ 3. 520.

Os policiais foram ao local após uma denúncia e o localizaram em uma residência de Porto Murtinho, à margem do Rio Paraguai.
No local havia um freezer com as espécies dourado, pacu, cachara, jaú e outras, sendo vários exemplares fora da medida e acima da cota permitida pela legislação.

Ainda conforme a PMA, havia um exemplar de jaú com 73 centímetros, quando a medida de captura prevista pela lei é de 95 centímetros. Todo o material foi recolhido.

Já na delegacia da Polícia Federal de Corumbá, o pescador foi  autuado em flagrante por crime ambiental de armazenamento de produto da pesca predatória. A pena varia de um a três anos de prisão.

O pescado será doado para instituição filantrópica, após perícia.
.