Equipe do IMA monitora conduta de barqueiros e turistas nas piscinas na Pajuçara (Foto: Carolina Sanches/ G1)
Técnicos da equipe de Gerenciamento Costeiro do Instituto de Meio Ambiente de Alagoas (IMA) realizaram, nesta quinta-feira (21), uma fiscalização em áreas das piscinas naturais de Maceió. O trabalho de monitoramento foi concentrado na piscina do Amor, que está fechada temporariamente para qualquer tipo de atividade. Já que segundo os técnicos ambientais o objetivo é fazer com o local se regenere dos impactos causados por embarcações e pessoas.

 
“O trabalho na piscina do Amor consiste em uma fiscalização porque vamos conferir se tem alguém fazendo uso da área que foi fechada há 9 meses para recuperação; como também faremos um levantamento técnico para observar como está a biodiversidade”, explica o doordenador de gerenciamento costeiro, Ricardo César. Já nas piscinas naturais da Pajuçara serão observados segundo os técnicos critérios da conduta conciente em ambientes recifais, como: o fundeio das embarcações e a conduta das pessoas que estão no local.

.