Movimentos se concentram nas praças do Coco e da Bandeira (Foto: John Pacheco/G1)
Movimentos favoráveis e contrários ao impeachment da presidente Dilma Rousseff realizam atos em Macapá na tarde deste domingo (17). Os grupos montaram telões para acompanhar a votação do relatório no plenário da Câmara, em Brasília.
Os favoráveis à saída da presidente iniciaram a concentração por volta de 16h na Praça do Coco, orla da capital.

O ato ainda pequeno reúne pessoas com camisas da seleção brasileira e nas cores verde e amarelo. O Movimento Brasil Livre, que organiza o ato, não informou previsão de participantes.

 SESSÃO DO IMPEACHMENTDeputados debatem pedido contra Dilma.
Em nota divulgada na sexta-feira (15) os movimentos Brasil Livre e Mãos Limpas, a ONG Transparência Amapá e Amapá Contra a Corrupção estimaram que durante todo o período de votação, cerca de 5 mil pessoas estavam previstas para passar pela praça.

Faixas com dizeres “Impeachment já”, “Fora Dilma”, “Fora PT”, e de apoio ao juiz Sérgio Moro e às investigações da operação Lava Jato foram colocadas ao longo da praça. A Polícia Militar (PM) acompanha a manifestação, mas não informou número de participantes.

O trânsito não foi fechado no trecho.
Na Praça da Bandeira, no Centro administrativo da capital, manifestantes contra o impeachment acompanham a votação na Câmara desde às 16h.

O movimento é organizado pela Central Única dos Trabalhadores (CUT), membros do PT, além de centrais sindicais e estudantis.
Faixas de apoio à presidente Dilma foram colocadas ao longo da praça, e também cartazes contrários ao aumento de impostos e à lei de reforma da previdência social.

A organização também não informou previsão de público. O participantes vestem camisas vermelhas e do Brasil.

Há policiais no local, que informaram um público de cerca de 100 pessoas.
.