Grupo contrário ao impeachment da presidente Dilma se concentrou no Largo São Sebastião, no Centro de Manaus (Foto: Ive Rylo/G1 AM)
Manifestantes contrários ao impeachment da presidente  Dilma Rousseff (PT) começaram a se reunir por volta das 14h deste domingo (17) no Largo São Sebastião, no Centro de Manaus, para acompanhar a votação do processo na Câmara dos Deputados. Grupos favoráveis ao impeachment prometem se mobilizar na Ponta Negra. Manifestante exibe cartazes com frases contra o impeachment (Foto: Ive Rylo/G1 AM)
Um telão foi montado próximo ao Teatro Amazonas para que os manifestantes pró-Dilma acompanhem os pronunciamentos de deputados na Câmara e a votação do processo de impeachment.

Às 15h, a PM registrou a presença de 500 manifestantes. A organização não divulgou número de participantes.

Uma mobilização a favor do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff está marcada para as 16h deste domingo, na Praia da Ponta Negra, na Zona Oeste de Manaus. A organização montou telões para a transmissão da votação sobre o processo que vai definir se o impeachment será encaminhado ou não ao Senado Federal.

Telão exibe votação na Ponta Negra, em Manaus (Foto: Jamile Alves/G1 AM)
De acordo com a Polícia Militar, cerca de 400 pessoas estavam na área da Ponta Negra por volta das 15h50. Organização diz 5 mil pessoas e a estimativa é que 15 mil compareçam ao local neste domingo para acompanhar a votação em Brasília.

No local também há carro de som.
A assessoria de imprensa da PM informou que 2 mil policiais devem atuar nas ruas de Manaus neste domingo.

Público acompanha votação em telão em frente ao anfiteatro da Ponta Negra. Carro de som dá apoio (Foto: Jamile Alves/G1 AM)
.