Mogli (Neel Sethi) encontra a serpente Kaa em cena do filme ‘Mogli – O Menino Lobo’ (Foto: Divulgação)
A versão live action do clássico “Mogli – O Menino Lobo” é a grande estreia desta quinta-feira (14) nos cinemas de Manaus. A trama do filme, dirigido por Jon Favreau (“Homem de Ferro”), gira em torno do jovem Mogli (Neel Sethi), garoto de origem indiana que foi criado por lobos em plena selva, contando apenas com a companhia de um urso e uma pantera negra. O longa é baseado na série literária de Rudyard Kipling.

Nomes como Bill Murray, Ben Kingsley, Idris Elba, Lupita Nyong’o, Scarlett Johansson e Christopher Walken completam o elenco de vozes da produção. Na versão nacional, os astros hollywoodianos dão espaço a Dan Stulbach, Marcos Palmeira, Thiago Lacerda, Alinne Moraes, Tiago Abravanel e Júlia Lemmertz.

Cena do filme ‘O escaravelho do diabo’, baseado emlivro homônimo (Foto: Aline Arruda/Divulgação)Outras estreiasBaseado na obra homônima de Lúcia Machado de Almeida, “O Escaravelho do Diabo” é outra estreia nos cinemas da capital. No suspense, a pequena cidade de Vale das Flores é marcada por um crime surpreendente: o jovem Hugo Maltese (Cirillo Luna) é encontrado morto com uma antiga espada encravada no peito.

O detalhe é que, antes de morrer, ele recebeu uma estranha caixa com um escaravelho dentro. Logo outra vítima é morta, após receber uma caixa semelhante.

O delegado Pimentel (Marcos Caruso) e o garoto Alberto Maltese (Thiago Rossetti) começam a buscar este assassino em série, que escolhe seu alvo com uma característica em particular: são todas pessoas ruivas legítimas. ‘Mente Criminosa’ tem Kevin Costner no elenco (Foto: Divulgação)
Ryan Reynolds e Kevin Costner estrelam a ficção científica “Mente Criminosa”, do israelense Ariel Vromen (“O Homem de Gelo”).

Na ação, Bill Pope (Reynolds) é um agente da CIA em meio a uma importante investigação. Ele acaba assassinado por um temível anarquista, deixando seus superiores na agência repletos de dúvidas sobre seu último caso, que envolvia a proteção de uma testemunha.

Com a ajuda de um médico (Tommy Lee Jones), o chefe de Pope (Gary Oldman) transfere todos seus segredos, memórias, sentimentos e habilidades para prisioneiro imprevisível e perigoso (Kevin Costner). Instável, ele será a única solução da CIA para evitar consequências terríveis para os Estados Unidos e o mundo.

George Clooney em ‘Ave, César!’ (Foto: Divulgação)
Scarlett Johansson pinta novamente numa estreia, desta vez em carne e osso, com “Ave, César!”, comédia musical dirigida pelos irmãos Coen. A trama é ambientada nos anos 1950, em Hollywood, e acompanha Edward Mannix (Josh Brolin).

Ele é o responsável por proteger as estrelas do estúdio Capitol Pictures de escândalos e polêmicas e vive um dia intenso quando Baird Whitlock (George Clooney), astro da superprodução “Hail, Caesar!”, é sequestrado no meio das filmagens por uma organização chamada “Futuro”.
.