Os moradores dos Residenciais Veneza 1 e 2, pertencentes ao programa “Minha Casa, Minha Vida” situados no município de Balsas, a 810 Km de São Luís, entregues a cerca de um mês, reclamam de problemas na estação de tratamento do esgoto. Segundo os moradores, alguns tanques da rede de tratamento ainda se encontram descobertos.   
Pelo menos é o que garante a dona de casa Elizangela Ferreira que diz que receber a nova casa era um sonho antigo, mas o que a moradora não esperava era ter que conviver com o mau cheiro.

Ela acrescenta que já chegou a passar mal com o forte odor.
“Incomoda muito.

O mau cheiro é muito forte. É obrigado a gente entrar para dentro de casa e fechar as portas.

É aquele cheiro muito forte”, reclamou a dona de casa.
A estação de tratamento foi construída para atender a necessidade dos moradores dos Residenciais Veneza 1 e 2, porém o mau cheiro que sai dos reservatórios não se restringe somente ao local onde fica a estação de tratamento.

De acordo a também dona de casa Maria de Nazaré Barbosa, a construtora responsável pela obra teria informado que seria colocado nos reservatórios um produto químico para amenizar o mau cheiro.
“Eles falaram que colocaram um produto e que o prazo primeiro era dez dias.

Depois eles aumentaram e disseram que eram 45 dias. A gente está esperando esses 45 dias para ver se acaba com esse mau cheiro, mas até agora não acabou”, finalizou Maria de Nazaré Barbosa.

Por meio de nota, a assessoria de comunicação da Prefeitura de Balsas informou que o mau cheiro que exala da estação de tratamento de esgoto já está sendo resolvido. Ainda conforme a nota, um levantamento técnico detectou falhas na operacionalização do sistema, principalmente quanto aos produtos biológicos utilizados, mas a situação será resolvida.

Mau cheiro que sai dos reservatórios não se restringe somente ao local onde fica a estação de tratamento. (Foto: Reprodução/TV Mirante)
.