Plantio de milho safrinha em área em Mato Grosso do Sul (Foto: Reprodução/TV Morena)Mato Grosso do Sul deve colher no ciclo 2015/2016 a maior safrinha de milho de sua história, 9,5 milhões de toneladas. A projeção é da Associação dos Produtores de Soja do estado (Aprosoja/MS), com base em dados do Sistema de Informação Geográfica do Agronegócio (Siga/MS).
Conforme a entidade, devem ser cultivados nesta temporada, 1,793 milhão de hectares e a produtividade estimada é de 88,3 sacas por hectare.

Até sexta-feira passada (8), os dados do Siga apontavam que já havia sido semeada 96,7% das áreas que serão cultivadas com o grão nesta temporada.
A região que estava com o trabalho mais acelerado era o sul, com média de 99,2%.

Inclusive, vários municípios já tinham encerrado o plantio ou estavam próximos de concluí-lo como: Amambai, Antônio João, Aral Moreira, Caarapó, Douradina, Dourados, Fátima do Sul, Itaporã, Juti, Laguna Carapã, Maracaju, Naviraí e Vicentina.
Em contrapartida, a semeadura seguia em ritmo menor nas regiões central, com 97,7% de áreas plantadas, e norte, com 73,1%.

No norte, Paraíso das Águas, até o dia 8, havia semeado apenas 40% do total de áreas previstas para essa safra.
.