Mulheres criam grupo no WhatsApp para incentivar parto normal no Piauí (Foto: Arquivo Pessoal)
Desde agosto de 2015, um grupo no WhatsApp vem incentivado gestantes a optarem pelo parto normal em Teresina. Enfermeiras obstetras, doulas e gestantes trocam informações e tentam desmitificar o medo de algumas grávidas em relação à dor no momento do parto normal, já que isso é um dos principais argumentos para as futuras mamães optarem pelo parto cesariano, conforme o Ministério da Saúde.
O grupo denominado de “gestantes poderosas” foi idealizado pela enfermeira obstetra Bruna Sepulvedra e contou com a ajuda da amiga, que também e enfermeira obstetra.

Bruna sentiu a necessidade de informar as gestantes após ser abordada por elas depois das consultas. “As mulheres que conversavam comigo individualmente não tinham informações sobre o parto normal.

Elas eram completamente leigas e achavam que entrariam em trabalho de parto quando as dores surgissem. Quis então uní-las para que elas se empoderassem e se preparassem para seus partos”, contou.

Mulheres criam grupo no WhatsApp para incentivar parto normal no Piauí (Foto: Patrícia Andrade/G1)A enfermeira lembra que o grupo começou apenas com a participação de cinco amigas, mas não demorou muito para que fosse compartilhado com outras grávidas. “Inicialmente foi formado somente com minhas amigas que estavam grávidas e recebiam alguma orientação através de mensagem em seu celular.

Logo a ideia foi sendo compartilhada com outras gestantes e hoje há fila de esperar para entrar no grupo”, explicou a enfermeira. Para participar do ‘gestante poderosa’, o único critério é o de desejo de ter filho através de parto normal.

As idealizadoras comentam ainda que limitaram a quantidade de membros no grupo para que as informações cheguem de forma mais rápida. Mulheres também se encontram para trocarinformações em Teresina (Foto: Arquivo Pessoal)
Medos, incertezas, dúvidas são compartilhadas diariamente.

Além disso, as gestantes recebem orientações de como devem ser preparar para o momento mais esperado de suas vidas. Elas trocam dicas de atividades físicas que ajudam durante a gestação e recebem orientações de como suportar a dor no momento das contrações.

A cada realização de um parto normal, as participantes recebem relatos de como conseguiram realizar o sonho de ser mãe.
Seguem alguns relatos:Livia Sales”Meu parto foi inesquecível.

Me empoderei, estudei e me preparei para este momento. Letícia Maria nasceu com os olhos arregalados para a mamãe dela.

Com 3,650kg e 49cm. Foi um parto sem analgesia e ocitocina aplicada minutos antes da fase final do expulsivo”.

Katbe Waquim“Uma amiga me indicou pra fazer parte do grupo Gestantes Poderosas. Lá conheci a equipe que fez parte do meu parto e aprendi muito sobre a fisiologia do processo.

Além disse li muitos relatos de parto e aprendi com eles. Isso tudo foi fundamental para que, conhecendo o funcionamento da gestação e do trabalho de parto, eu não me desesperasse nos momento da dor e do cansaço.

Assim, meu filho nasceu. um nascimento tranquilo e cheio de amor e isso foi possível, em grande parte porque obtive apoio das integrantes e das profissionais moderadoras do grupo ”.

Ivy Aguiar“Logo de início me assustei com o nome ‘Gestante Poderosas’, mas não poderia ter caído em um grupo melhor! Nesse grupo pude encontrar outras gestantes, mães que haviam passado recentemente por experiências semelhantes, mães que conseguiram o seu tão sonhado parto humanizado e até mães que puderam compartilhar conosco coisas que não foram tão boas em seus partos anteriores. Também pude tirar todas as minhas dúvidas sobre o que iria sentir ou o que já estava sentindo durante a gestação”, declarou.

Aralice Carvalho”Tive um parto lindo e espero que seja fonte de inspiração para tantas outras gestantes que estão em busca de um parto respeitoso. Fui atrás de informação, estudei, batalhei para encontrar um médico verdadeiramente humanizado e me empoderei.

As meninas empoderadas do grupo de whtassap gestantes poderosas que também me deram suporte e aprendizado nessa jornada pelo meu parto normal humanizado, essa vitória também é de vocês buxudinhas que fazem parte desse grupo. Alí existe muito amor, muito acolhimento, os medos de cada uma se transforma em apoio de uma com outra”.

Participantescontam como conseguiram realizar o sonho de ser mãe (Foto: Arquivo Pessoal)
.