Espetáculo combate o abuso sexual contra crianças (Foto: Coletivo Criaturas Alaranjadas/Divulgação)
Estreia na terça-feira (17) no Teatro das Bacabeiras, em Macapá, o espetáculo “Eros Impuro’ que traz o drama do pintor Andrei, que quando criança sofreu abusos e tenta por meio da pintura, se livrar da angústia que o persegue. Apresentação está marcada para as 19h, com entrada gratuita.  
Encenada desde 2011, a história mostra um pintor que acredita que encontrará paz ao reproduzir nas telas a energia sentida durante o ato de violência que sofreu, mas como os modelos vivos usados por ele são garotos de programa, a obra é vista como pornográfica.

Pintor busca rendenção através de suas telas(Foto: Coletivo Criaturas Alaranjadas/Divulgação)
“O público não é submetido ao choque provocado por esse tipo de crime. Ele não é posto na poltrona como se tivesse diante de um noticiário sensacionalista.

Usamos a delicadeza da arte para criarmos um âmbito que evidencia, sobretudo, as sequelas do abusado’, destaca o diretor e dramaturgo Sérgio Maggio.
A peça segue em cartaz até o dia 20 de maio e é uma realização do coletivo Criaturas Alaranjadas, de Brasília (DF).

 
A companhia vai oferecer também atividades paralelas como oficinas de formação de plateia em escola pública, e “O Exercício da Crítica Teatral”, ministradas por Sérgio Maggio. A programação é gratuita e voltada para artistas, estudantes e apreciadores do teatro.

Além do espetáculo cultural, o coletivo destaca a importância do dia 18 de maio, marcado como o Dia Nacional de Combate ao Abuso Sexual. Na data, a companhia vai distribuir em Macapá mil unidades de cartilha de prevenção ao abuso sexual.

Durante a peça, personagem realiza pinturas ao vivo com modelos imaginários (Foto: Coletivo Criaturas Alaranjadas/Divulgação)
.