Fachadas de lojas são decoradas com a temática da data (Foto: Jéssica Alves/G1)
As lojas do Centro comercial de Macapá abriram na manhã deste domingo (8) para vendas de última hora para o Dias das Mães. Mas, apesar de a data ser considerada pelos lojistas a segunda mais importante do comércio, perdendo apenas para o Natal, o movimento neste ano foi considerado fraco. Leidiane Silva diz que gostou dos preços baixos(Foto: Jéssica Alves/G1)
Os consumidores que deixaram para garantir o presente das mães na última hora, encontraram opções de vestuário, calçados, perfumaria e eletrônicos com descontos e promoções para atrair clientes.

A autônoma Leidiane Silva, de 20 anos, diz que este foi um dos motivos que a fez procurar o presente neste domingo. Ela conta que gostou das ofertas que encontrou e do movimento tranquilo nas lojas.

“Comprar no domingo foi uma boa opção, porque os preços estão muito bons e as lojas não estão cheias, assim a compra é mais rápida. Quero comprar um calçado para a minha mãe”, disse a consumidora.

A gerente de uma loja de roupas Francisca Mendes, de 36 anos, falou que a empresa decidiu baixar os preços e expor os produtos para chamar a atenção dos consumidores. “Essa é uma das formas de garantir nossas vendas, mesmo no Dia das Mães, que, como de costume, recebe os clientes que procuram no último momento”, disse.

Natilde Almeida diz que não foi fácil encontraro presente (Foto: Jéssica Alves/G1)
Os clientes que andam de um lado para o outro nas lojas estão em busca do presente ideal e melhores preços, como ressaltou a funcionária pública Patrícia Machado, de 40 anos, que no momento desta entrevista ainda não havia decido o que comprar.
“Vou decidir entre uma bolsa e um celular, porque, infelizmente, não tive tempo durante a semana e vim hoje, mas pena que muitas lojas estão fechadas”, lamentou.

A cabeleireira Natilde Almeida, de 44 anos, reconhece que deixou para comprar o presente da mãe para a última hora e confessa que não foi fácil. “Vim direto da igreja procurar um presente e andei em várias lojas.

Pretendo comprar uma roupa bem bonita”, ressaltou, enquanto escolhia o produto.
Entre os presentes mais procurados estão itens de vestuário, perfumes, além de calçados e bolsas, segundo uma pesquisa de intenção de compras feita pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo no Amapá (Fecomércio/AP).

O levantamento apontou ainda que o valor médio dos presentes de Dia das Mães em 2016 é de R$ 133. Lojas apostam em promoções para atrair clientes no Centro de Macapá (Foto: Jéssica Alves/G1)
.