Passagem de ônibus pode aumentar de R$ 2,60 para R$ 3,45 (Foto: Assessoria/Divulgação)
Duas entidades ligadas ao transporte público de Porto Velho sugeriram valores para a nova tarifa de ônibus à prefeitura, na última sexta-feira (6). De um lado, o Conselho Municipal de Transporte Coletivo (Comtrans) pede aumento para R$ 3,00. Do outro, o Consórcio do Sistema Integrado Municipal de Transporte de Passageiros (Consórcio SIM) pleitea que o valor suba para R$ 3,45.

Agora, o prefeito deve decidir o valor da tarifa a ser acatado, mas ainda não há prazo de quando a medida entra em vigor. O valor da passagem atual é de R$ 2,60.

A discussão sobre o reajuste da tarifa de ônibus começou a tomar forças após a entrega de 43 veículos entregues no dia 28 de abril, para compor integralmente a frota de ônibus da capital. Durante solenidade, o prefeito Mauro Nazif disse que haveria reajuste, mas que o valor da passagem não ultrapassaria R$ 3.

De acordo com o secretário da Secretaria Municipal de Trânsito (Semtran), Antônio Jorge dos Santos, que também integra o conselho municipal, o reajuste para R$ 3 é justo se forem avaliados os quesitos que envolvem o sistema de transporte público, como salário dos funcionários, preços de pneus, combustível e impostos.
“Após cinco anos sem reajuste na tarifa, chegamos à conclusão de que o reajuste é justo para o sistema funcionar de forma adequada e possamos oferecer segurança, conforto, etc”, justifica.

Já o Consórcio Sim argumenta que o reajuste para R$ 3,45 seria essencial para que a empresa fizesse novos investimentos no sistema.
Ainda não há data definida sobre quando o prefeito Mauro Nazif vai implementar a nova tarifa e qual o valor a ser acatado, informou a assessoria de comunicação da prefeitura.

.