Yedo Simões foi eleito por 11 votos a 8 (Foto: Girlene Medeiros /G1 AM)
Os desembargadores Yedo Simões e João Simões foram escolhidos como novos membros titulares do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM). A eleição ocorreu na manhã desta terça-feira (12) na sede do Tribunal de Justiça do Estado Amazonas (TJ-AM), no bairro André Araújo, Zona Centro-Sul de Manaus.
Yedo e João devem ocupar os postos de presidente e vice corregedor, respectivamente, do TRE-AM, até o primeiro semestre de 2018, quando termina o mandato.

Eles – ocuparão a vaga da presidente Socorro Guedes e do vice, Mauro Bessa – serão responsáveis por administrar as eleições para prefeito de 2016. A cerimônia oficial de posse e escolha do novo presidente, ainda será divulgada pela presidente Socorro Guedes.

A votação foi realizada na sede da TJ-AM, no auditório Desembargador Ataliba David Antônio. Como havia duas vagas, na primeira eleição, o desembargador Yedo Simões foi escolhido, por 11 votos a 8, destinados ao desembargador Mauro Bessa.

Na segunda votação, o desembargador João Simões foi eleito por 12 a 7.  Após a escolha, o desembargador João Simões agradeceu a vitória e disse que irá votar a favor do desembargador Yedo Simões, para presidente do TRE-AM.

Yedo Simões lembrou seu trabalho já desenvolvido frente a justiça eleitoral e salientou os esforços  da juíza Socorro Guedes, principalmente, no que diz respeito ao cadastramento biométrico. “Já permaneci por 13 anos na justiça eleitoral, fui presidente do pleito municipal no ano de 1990.

Tenho trabalho realizado na justiça eleitoral e agora a historia vai se repetir, eu como presidente do tribunal. Esse é um desejo que eu sempre tive, de dirigir aquela corte, porque a justiça amazonense, os desembargadores e os juízes, que são a maior força de trabalho da justiça eleitoral que é congregada pelas justiças estaduais.

Agora vamos começar a trabalhar pensando em eleição, que é a minha prioridade”, disse. Ele explicou que já nesta quinta-feira (14), se reunirá com a atual presidente do TRE para definir detalhes da transição.

.