Projeto que proíbe o aplicativo na cidade foi aprovado na primeira discussão(Foto: Divulgação/ Câmara de Curitiba)
Bom dia!
O G1 reuniu os principais assuntos do Paraná para esta terça-feira (12) para que você comece o dia bem informado. CuritibaOs vereadores de Curitiba voltam a debater o projeto de lei que proíbe a atuação do aplicativo Uber na cidade. A primeira discussão do texto, na segunda-feira (11), terminou com a aprovação do texto.

A proposta prevê multa de R$ 1,7 mil ao motorista flagrado em discordância com as regras da lei municipal 13. 957/2012, que regulamenta o serviço de táxi na capital.

A regra estabelece que o serviço de transporte individual de passageiros deve ser feito em veículo automotor leve, de categoria particular, por motorista com habilitação B ou superior e licença da Urbs, por exemplo. Norte e NoroesteO Tribunal do Jurí de Londrina, no norte do Paraná, terá mais um dia de audiências da primeira ação criminal da Operação Publicano.

Nesta terça-feira, serão ouvidos os auditores, réus do processo, Amadeu Serapião, Cláudio Tosatto, Marco Antônio Bueno, Milton Digiácomo, Ranulfo Dagmar Mendes e Stefan Ruthschilling. A Operação Publicano investiga um esquema de corrupção dentro da Receita Estadual.

Oeste e SudoesteO programa “Estação Juventude”, do Governo Federal, está com inscrições abertas para cursos e oficinas gratuitas em Foz do Iguaçu, no oeste. As atividades destinadas a pessoas com idade entre 14 e 29 anos serão realizadas no Centro da Juventude do Jardim Naipi, em parceria com o Patronato Penitenciário Municipal.

Os horários serão definidos conforme a disponibilidade do público matriculado. Entre os cursos estão os de violão, web design, computação, filmagem e inglês e espanhol.

Já as oficinas são para a confecção de sabonetes decorados, decoração em caixa de MDF, bordados em toalhas e fuxicos. Leia mais.

.