Obra na Zona Sul de Macapá está parada desde 2013 (Foto: Reprodução/Rede Amazônica no Amapá)
A paralisação da obra do conjunto habitacional localizado na Vila dos Oliveiras, no bairro Pedrinhas, Zona Sul de Macapá, está provocando reclamação de moradores da região. Eles dizem que o mato alto na área do empreendimento e a falta de iluminação durante a noite estão facilitando a atuação de criminosos. A construção está parada desde 2013.

Mato toma conta da contrução na Vila dos Oliveiras(Foto: Reprodução/Rede Amazônica no Amapá)
A Secretaria de Estado da Infraestrutura (Seinf) informou que o projeto está sendo reprogramado para ser enviado para a Caixa Econômica Federal. Se aprovado, será realizada nova licitação para execução da obra.

Um morador que não quis se identificar disse que está passando por situação de risco, e que já presenciou uma ação de criminosos no local.
“Aqui eles assaltam em qualquer horário.

Eu mesmo já presenciei um rapaz sendo furado [esfaqueado]. Tem uma entrada alí no muro e na hora que eu encostei o carro aqui, observei que estavam puxando um rapaz, como eu estava com meus dois filhos, fiquei com medo e saí na mesma hora”, disse o morador.

Em 2015, a Seinf informou que estava sendo feito um novo orçamento para o projeto da obra para a Caixa Econômica, e sugeriu ao banco que a obra fosse migrada do Plano de Aceleração do Crescimento (PAC) para o Programa Minha Casa, Minha Vida, ambos do Governo Federal.
O Ministério das Cidades, no entando, emitiu uma recomendação para manter o projeto vinculado ao PAC, segundo a secretaria.

O conjunto habitacional foi projetado para abrigar 512 famílias, em 32 prédios. Os beneficiários seriam pessoas que vivem em áreas de risco da cidade, como as da região do Aturiá.

“Alí é só bandidagem, mosquito, por causa da água parada, eu acho que não vão entregar aquilo tão cedo”, disse o pedreiro Silvan Lopes, morador do bairro Araxá.
.