Carlos da Silva, Rafael da Silva, Leonardo Pereira, Edilanio de Almeida, Damião da Conceição e José Emilio foram levados à delegacia (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
Uma operação conjunta entre as polícias Civil e Militar em cinco municípos do Sertão de Alagoas resultou na prisão de 15 pessoas, que teriam cometido vários crimes na região. A ação começou na última terça-feira (12) e terminou na tarde desta quarta (13).
Os suspeitos presos foram identificados como: Luiz Fernando da Silva, Israel da Silva, Roseane da Conceição dos Reis, Edilson Rodrigo da Silva, Edmilson Rodrigues da Silva, Geraldo Feitosa, Rafael Anselmo da Silva, Leonardo da Silva Pereira, Ediclânio de Almeida, Damião da Conceição, Carlos Robson da Silva, José Emílio das Chagas, Everaldo Henrique e Sebastião de Araújo além de um suspeito identificado apenas como Nego Cangaia.

Everaldo e Sebastião estavam com 1kg demaconha (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
Segundo o delegado de Delmiro Gouveia, Rodrigo Rocha, a ação, que foi realizada em Olho D’Água do Casado, Mata Grande, Piranhas, Delmiro Gouveia e Água Branca, não só cumpriu mandados expedidos pelo juiz Rômulo Vasconcelos como também prendeu suspeitos em flagrante.
Em Olho D’Água do Casado, foram presos Rafael Anselmo da Silva, Leonardo da Silva Pereira e Ediclânio de Almeida pelos crimes de associação criminosa e furto qualificado.

Em Delmiro, Robson da Silva, José Emílio das Chagas foram presos por furto e roubo qualificado. No mesmo município, Everaldo Henrique e Sebastião de Araújo foram presos em flagrante por tráfico de drogas, eles portavam um quilo de maconha.

Já em Água Branca, duas pessoas foram presas por estupro de vulnerável, duas por porte ilegal de arma de fogo e duas por porte de material explosivo, que supostamente eram usados para assaltos a bancos. Presos são suspeitos de estupro, roubo, posse dearma entre outros crimes (Foto: Divulgação/ SSP)
Pela manhã, o G1publicou matéria informando as prisões que aconteceram especificamente neste município.

A ação ainda estava em andamento.
Nego Cangaia foi preso na cidade de Mata Grande.

Ele teria roubado automóveis. Por último, Damião da Conceição foi preso em Piranhas pelo crime de tráfico de drogas.

Além das prisões, a polícia ainda conseguiu apreender, oito armas de fogo, detonadores e explosivos, além de uma quantia em dinheiro não informada e uma moto roubada.
“A ação contou com o serviço de inteligência da Delegacia Regional de Delmiro Gouveia, com o 9º BPM, delegados de Mata Grande e Piranhas, além do comando-geral da Segurança Pública.

Foram 24h de operação e com isso, pudemos efetuar as prisões. Gostaria de destacar que a região está a 45 dias sem nenhum homicídio por conta das ações policiais”, disse o delegado.

 
Rodrigo Rocha ainda ressaltou que os presos ficarão à diposição da Justiça na delegacia regional.
.