Após perder o controle do carro, padre Claudenir Bernardino de Matos morreu afogado(Foto: Márcio Gomes Pinho/Arquivo pessoal)
Um padre, de 42 anos, morreu em um acidente de carro no inicio da noite de quarta-feira (11), na BR-429, em Costa Marques (RO), cidade a cerca de 740 da capital Porto Velho. De acordo com informações da Polícia Civil, o padre teria perdido a direção do carro onde estava e bateu em uma ponte que está em reforma. Diocese lamentou a perda.

Ponte do local do acidente estaria em reforma háanos, segundo policiais que atenderam ocorrência(Foto: Márcio Gomes Pinho/Arquivo pessoal)
O acidente aconteceu por volta das 18h30 de quarta. De acordo com a polícia, o padre Claudenir Bernardino de Matos estava no distrito de Porto Murtinho, fazendo a recepção da caravana da Festa do Divino Pai Eterno e voltava para a cidade de Costa Marques, onde participaria novamente da festa.

No KM 42 da BR, próximo ao distrito do São Domingos, a vítima perdeu o controle do veículo, bateu na ponte e caiu no rio da Ponte do Queimado.
O veículo ficou embaixo da água  e com as rodas para cima.

De acordo com a Polícia Militar (PM) de São Domingos, que atendeu a ocorrência, o padre teria morrido afogado por não conseguir sair do carro.   Conforme o boletim de ocorrências, uma testemunha que estava próxima ao local, ouviu o barulho.

A testemunha chegou a entrar na água e tentou tirar a vítima, mas o padre estava preso nos bancos.
Não havia outras pessoas no carro.

Como não há Corpo de Bombeiros e Perícia Técnica na cidade, as equipes de Ji-Paraná foram até o local para o resgate do corpo e outros serviços. O corpo foi resgatado no início da madrugada desta quinta-feira (12).

De acordo com a polícia, a ponte passa há anos por uma reforma e desde então, dezenas de ocorrências, incluindo acidentes fatais, já foram atendidas no local. A equipe do G1 tentou falar com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) por telefone, mas não conseguiu contato.

Padre Claudenir Bernardino de Matos morreuenquanto voltava da Festa do Divino(Foto: Facebook/Reprodução)O PadreO diácono da paróquia Divino Espírito Santo, Bráz Rodrigues de Almeida, afirma que o padre mudou-se de Colorado do Oeste e havia chegado à cidade de Costa Marques há cerca de quatro meses. Bráz conta que  acompanhou todo o procedimento de resgate.

Segundo Rodrigues, o padre era conhecido principalmente pelo carisma e simpatia. “É uma grande perda.

Além de ser o padre, ele era um grande amigo. Era muito carismático e sempre muito atencioso”, lamentou.

O padre Claudemir faria 43 anos no próximo dia 20 de maio. Ele já havia trabalhado na paróquia em Guajará Mirim e também em Colorado do Oeste.

O corpo da vítima está em Costa Marques, mas ainda não se sabe se será ou não velado na cidade, pois a família do padre é do Paraná.
A Diocese de Maringá, cidade onde o padre nasceu, divulgou ua nota de pesar, comunicando a morte do padre.

“Pedimos orações pela família do padre Claudenir, pelos amigos, por todo o Clero de Maringá e pela comunidade de Costa Marques/RO”, finalizaram os pêsames.
.