Polícia de Meio Ambiente recolheu cerca de três quilos de peixes mortos (Foto: Polícia Militar de Meio Ambiente/Divulgação)
Na tarde deste domingo (15), cerca de três quilos de peixes mortos foram recolhidos por uma guarnição da Polícia Militar de Meio Ambiente (PMMA) no Córrego Liso, em Uberlândia. O material foi encaminhado para o Laboratório de Ensino e Pesquisa em Animais Silvestres da Universidade Federal de Uberlândia (Lapas/UFU), onde foi acondicionado para análise do que causou a mortandade.
A guarnição se deslocou até o local, no Bairro Maria Rezende, para fazer a verificação de uma mortandade de peixes no córrego.

No local, os militares encontraram milhares de pequenos peixes mortos e diversos outros da espécie tilápia.
Os policiais também se deslocaram até a foz do Córrego Liso com o Rio Uberabinha e notaram que a água está com uma espuma branca e um líquido marrom, semelhante à substância avistada no leito do córrego.

A Polícia Ambiental registrou o caso e vai encaminhar à Polícia Civil, Promotoria de Justiça de Meio Ambiente e demais órgãos ambientais competentes. Água da foz do Córrego Liso apresentava um espuma branca (Foto: Polícia Militar de Meio Ambiente/Divulgação)
.