Mais de 160 mil m² foram desmatados em propriedade (Foto: Divulgação/Polícia Ambiental)A Polícia Ambiental identificou um desmatamento de mata nativa de cerca de 16,4 hectares, equivalente 164 mil m². O desmatamento ocorreu em uma área que fica em Imbituva, na região central do Paraná, e foi encontrado na sexta-feira (13). O local continha espécies de Imbuía, Angico e Ipê.

A polícia ainda descobriu que foram derrubados 125 pinheiros araucária, espécie ameaçada de extinção. Além disso, foram apreendidos 80 m³ de toras de pinheiro e 1.

600 m³ de lenha nativa de pinheiro, imbuia, angico, sassafrás, entre outras espécies. Foi feito um boletim de ocorrência e a documentação entregue à Delegacia da Polícia Civil de Imbituva e ao escritório regional do Instituto Ambiental do Paraná, em Irati.

O proprietário da área deve responder penal e administrativamente sobre o desmatamento. Quer saber mais notícias da região? Acesse o G1 Campos Gerais e SulÁrea de mata nativa possuía diversas espécies em extinção (Foto: Divulgação/Polícia Militar Ambiental)
.